Open Nav Logo Mais Retorno

KPI – Key Performance Indicator

O que é KPI?

O KPI é a sigla para Key Performance Indicator (conceito traduzido livremente para o Português como Indicador-chave de Desempenho). É um tipo específico de indicador, considerado de suma importância para a conquista dos objetivos de uma empresa.

Quem define qual indicador é ou não um KPI são os gestores da corporação. De qualquer forma, eles devem sempre dar preferência às métricas com maior capacidade de adequação, acompanhando fielmente os fatores vitais para a realização das metas organizacionais.

Isso porque, se você decide beber 20 litros de água por semana, por exemplo, de nada adianta usar as suas horas de sono como medida para saber se está no caminho certo ou não.

Veja bem, não é que o sono seja banal na sua vida: é que essa métrica não oferece informações úteis para o seu objetivo. Logo, ela não é útil na hora de acompanhá-lo.

Nas empresas, isso é ainda mais visível, já que o número de indicadores disponíveis é muito extenso. Por todo lado, saltam números, registros e relatórios.
Distraídos por eles, os tomadores de decisão podem ter a falsa impressão de crescimento e avanço, focando em pontos menos relevantes para o desempenho da companhia.


Para que serve o KPI?

Para entender melhor a importância dos KPI, vamos fazer um exercício simples e rápido.

Pense na sua maior meta para os próximos 12 meses. Talvez seja comprar um novo carro, terminar aquele curso, aumentar o seu faturamento ou algo menor, como redecorar a sala e conhecer uma cidadezinha nova no interior do estado.

A grande pergunta é: quando você saberá que alcançou a sua meta? Qual é o momento exato em que você finalmente poderá dizer “eu consegui!”?

Afinal, redecorar, ganhar mais e até se formar significam coisas diferentes para pessoas diferentes.

Partindo disso: como você sabe que está avançando no seu projeto?

Porque se ninguém te contou ainda, gastar com decoração da casa, por exemplo, não necessariamente quer dizer que você está redecorando o seu cômodo-alvo. Ou você coloca aquele novo jogo de copos e taças na estante da tv?

Para se manter focado, é necessário estabelecer quais são os pontos pertinentes para o seu objetivo. No caso do exemplo acima, pode ser desde quanto se gasta mensalmente com a reforma da sala até quantos itens estão sendo comprados semanalmente.

Quem define isso é você! O importante mesmo é separar apenas os mais relevantes, os indicadores-chave do seu projeto.

Nas empresas, onde o conceito de KPI é realmente aplicado, a condição é a mesma.

Likes em uma foto do Instagram provavelmente não são o melhor parâmetro para avaliar as taxas de conversão de um e-commerce, assim como o turnover não é o mais indicado para medir o desempenho do Departamento de Marketing.

O KPI serve, portanto, a dois propósitos: manter a companhia focada no que importa (uma meta clara) e apresentar a leitura adequada acerca da eficiência da estratégia aplicada (o caminho até ela).

Quais são os tipos de KPI?

Como a escolha do KPI depende sobretudo das prioridades da corporação, não é possível afirmar que esse ou aquele indicador é mais ou menos correto para acompanhar um plano.

Ainda assim, existem alguns indicadores-padrão que figuram entre os mais usados na maioria das empresas. São eles:

Indicadores de produtividade - avaliam a capacidade de produção (ou execução, no caso dos serviços) que um colaborador, setor ou fábrica possui.
Indicadores de qualidade - avaliam a relação entre o que se é produzido e o que é desperdiçado em produtos defeituosos, avariados ou viciados.
Indicadores de rentabilidade - avaliam o retorno que a companhia tem diante dos investimentos feitos.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados