O que é IRB?

O IRB Brasil é a maior empresa de resseguros do Brasil, com uma participação de 37% no mercado.

Atualmente, é uma empresa privada, embora tenha começado como uma estatal. É reconhecido como uma referência pela solidez financeira da instituição e conhecimento técnico da equipe. Há mais de 80 anos, fornece soluções em resseguros para grandes projetos.


Entendendo o IRB

O IRB foi criado por Getúlio Vargas em 1939. Seu objetivo era fazer no Brasil o resseguro para empresas nacionais, retendo aqui o risco que anteriormente era transferido para o exterior.

A empresa manteve a posição de monopólio até 2007, quando a Assembléia Nacional aprovou uma Lei Complementar para reabrir o mercado de resseguros brasileiro. A Susep assumiu a supervisão do mercado de resseguros e o IRB passou a ser classificado como uma empresa de resseguros local.

Em Outubro de 2013, o IRB foi privatizado. A empresa concluiu seu IPO em 2017, levantando R$ 2 bilhões de reais com a venda das ações.

Um ano depois de se tornar uma companhia listada na bolsa, em 2018, as ações do IRB Brasil tiveram a maior valorização entre as empresas do IBrX 100. O índice reúne as 100 ações com maior negociabilidade e representatividade no mercado brasileiro.

A sede do IRB Brasil fica no Rio de Janeiro e a empresa conta com escritórios em outras três cidades: São Paulo, Buenos Aires e Londres.

O que o IRB Brasil faz?

O IRB Brasil, como já apontado, é uma empresa especializada em resseguros. Isso significa que ele atua compartilhando os riscos das operações de seguros realizadas pelas seguradoras.

Em outras palavras, as seguradoras transferem parte de suas responsabilidades sobre a apólice vendida, bem como parte do direito ao recebimento de prêmios, para a empresa de resseguros. 

Esse compartilhamento, que leva à diluição dos riscos entre a seguradora e a resseguradora, tem muitas vantagens; por exemplo, a melhoria da capacidade de absorção de riscos e a preservação da boa condição financeira das seguradoras. 

Desta forma, o trabalho do IRB Brasil, enquanto empresa de resseguros, visa trazer segurança a todas as partes envolvidas na realização de uma operação de seguro, especialmente em projetos de grande escala.

Quais foram os eventos mais importantes na história recente do IRB?

Recentemente, o IRB Brasil tem estado envolvido em muitos eventos polêmicos, os quais, inclusive, afetaram o desempenho de suas ações na bolsa de valores.

Em maio de 2020, um dos diretores da empresa foi demitido por justa causa, sob alegação de ter realizado fraude em contratos.

Também em maio de 2020, foi anunciado que a SUSEP - Superintendência de Seguros Privados conduziria uma fiscalização especial na empresa. O motivo da fiscalização seria suspeitas de que o IRB não estaria mantendo os ativos necessários para garantir a liquidez  mínima exigida pelo órgão regulador do setor de seguros e resseguros.

No mesmo mês, também a CVM anunciou a condução de inquéritos envolvendo a empresa, que se manifestou afirmando colocar à disposição da comissão todas as informações necessárias.

No começo de junho de 2020, uma decisão judicial determinou que o IRB deveria criar uma provisão de R$ 1 bilhão, para o eventual pagamento de indenizações, em ação coletiva movida por acionistas devido às perdas sofridas pela forte queda do preço das ações no ano.

Também em junho de 2020, a empresa apresentou informações sobre um plano de reforma de governança, como parte de uma tentativa para recuperar a confiança dos investidores e do mercado em geral.

No final de junho de 2020, resultados de uma investigação independente apontaram que houve desvio de dinheiro na empresa, na forma de pagamento de bônus indevidos no montante aproximado de R$ 60 milhões.

Com todas as notícias em torno do IRB Brasil, suas ações chegaram a cair de R$ 39,97 em 26 de dezembro de 2019 para R$ 6,70 em 15 de maio de 2020.

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Backtest

O que é Backtest? Também chamado de backtesting, o backtest é um tipo de teste que se faz usando dados históricos relevantes, a fim de prever…