Open Nav Logo Mais Retorno

IOT – Internet das Coisas

O que é a internet das coisas?

É chamada de internet das coisas (ou IOT, sigla para “Internet of Things”) ao processo tecnológico que visa interligar objetos físicos à internet, de modo a ampliar as funções da conectividade.

Enquanto por muito tempo acessar a Internet foi visto como o ato de se sentar à frente de um computador e acessar o Facebook, por exemplo, a internet das coisas se debruça sobre o uso da mesma em objetos comuns. O objetivo principal é, portanto, compreender como conectar o mundo físico ao digital pode permitir que aumentamos a sua eficiência e possamos monitorá-los mesmo remotamente.

Se antigamente a chegada de um morador a sua casa, usando frases como “acenda as luzes”, “ligue a televisão” e “feche as cortinas” ao vento (e que, pior, eram executadas por uma espécie de robô onipresente) pareciam por mais futuristas, hoje sabemos que a tecnologia pode (e vai) se tornar um protagonista em nossas ações mais corriqueiras do dia a dia.

Relógios que monitoram os batimentos cardíacos do usuário, geladeiras que avisam quando alimentos acabam ou vencem e postos de combustível que reconhecem o veículo e enviam a cobrança direto para a sua conta já são uma realidade… E tudo graças à evolução da Internet das Coisas.


Como a internet das coisas funciona?

Inicialmente, como já te mostramos, acessar a internet era um processo independente. Havia um limiar claro entre provedores, computadores e dispositivos eletrônicos e o “mundo real” - ou seja, todos os objetos que surgiram ainda antes da revolução tecnológica.

Com o passar do tempo, no entanto, percebe-se que a gama de possibilidades oferecidas pela conexão vai muito além do que se consideravam meios digitais. A humanidade passa a trabalhar (e ainda trabalha) para integrar os objetos antigos e consagrados ao mundo online.

Mas por quê?

Pense bem: quando tratamos do mundo físico, estamos limitados às nossas condições físicas.

Para consultar o que há em minha geladeira, por exemplo, você precisa estar diante dela. Se surgir uma dúvida a caminho do supermercado, por exemplo, deve-se retornar para casa para checá-la ou realizar compras na base do achômetro.

Mas quando tratamos do digital, as nossas barreiras físicas desaparecem. Remotamente, podemos consultar os itens da geladeira ou ainda de toda a despensa.

Garantir que isso seja possível, elaborando produtos que se conectem e sejam acessados mesmo à quilômetros de distância, é o desafio (e a própria solução) da Internet das Coisas.

E isso se aplica a absolutamente tudo à nossa volta. Segundo estimativas, uma única pessoa é cercada por até 5.000 objetos, de forma cotidiana.

Conforme a tecnologia avança, o que se espera é que a grande maioria desses itens esteja conectado à internet, desde as canetas até os carros e as suas roupas.

Para que serve a internet das coisas/Onde é aplicada/por que é importante?

Se engana, contudo, quem restringe a internet das coisas ao uso pessoal dos objetos.

Na verdade, entende-se hoje que os benefícios da IoT se estendem desde uma única pessoa até às grandes indústrias e governos, promovendo vantagens para a sociedade como um todo.

Na agricultura, por exemplo, plantações inteiras já contam com sensores inteligentes capazes de indicar a qualidade do solo e outros elementos para o sucesso das colheitas, como direção do vento e PH das plantas.

No gerenciamento dos recursos naturais, cidades inteiras já se utilizam de sistemas de monitoramento de jardins e demais áreas verdes, por exemplo, que programam irrigação precisa à cada momento do dia.

Por fim, hoje em dia existem hospitais que fornecem aos pacientes internados dispositivos (como relógios e vestes) que enviam aos médicos relatórios atualizados a respeito da saúde de cada um deles.

Esses, é claro, são apenas alguns exemplos de um processo de promete interligar não apenas toda uma geração de pessoas, mas de bens e serviços em geral.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados