Open Nav

Inflação implícita

O que é Inflação Implícita

Inflação Implícita é um termo do campo da economia, que se refere à diferença entre a taxa de juros real e a taxa de juros nominal. Ela é o principal indicador do nível futuro de preços ou, em outras palavras, é equivalente à expectativa da variação futura dos preços.

A inflação implícita pode ser decomposta em alguns fatores fundamentais: expectativa de inflação, termo de convexidade, prêmio de liquidez e prêmio de risco de inflação.


Entendendo a Inflação Implícita

De acordo com Irving Fisher, economista que trabalhou em teorias sobre inflação, a inflação implícita corresponde à expectativa da varação futura dos preços. Como tal, pode ser calculada pela diferença entre as taxas de juros nominais e reais de títulos de renda fixa. 

Especialistas que se dedicaram ao assunto posteriormente notaram que a visão de Fisher ignora um fator muito importante, a aversão dos agentes ao risco. 

Títulos de renda fixa que pagam uma taxa de juros real são o ativo livre de risco, pois como são indexados a um índice de preços, garantem no mínimo a proteção do poder de compra do dinheiro investido. Enquanto isso, títulos de renda fixa que pagam uma taxa de juros nominal já têm o valor do rendimento pré-determinado desde a compra e, assim, estão expostos ao risco inflacionário. Em outras palavras, correm o risco de que a inflação seja superior à taxa de juros estabelecida e, dessa forma, o dinheiro investido pode se desvalorizar. 

Considerando essa diferença, é natural que os investidores exijam uma recompensa para investir em títulos de renda fixa que oferecem taxas de juros nominais. Essa recompensa tem o nome de prêmio de risco da inflação. Assim, os especialistas concluíram que esse fator também deveria ser considerado no cálculo da inflação implícita.

Novas Observações sobre a Inflação Implícita

Outra observação que os estudiosos realizaram durante o estudo da inflação implícita é que, sabendo que títulos indexados à inflação têm menor liquidez, os investidores poderiam exigir uma recompensa para assumir uma posição nesses títulos, comprando papéis que serão difíceis de vender depois. Essa recompensa tem o nome de prêmio de liquidez. Esse é mais um fator que eles concluíram ser necessário incluir na equação.

Além disso, os economistas ainda perceberam que a relação entre os preços dos títulos e a taxa de juros que eles oferecem é expressa em uma função convexa.

Acontece que as funções convexas estão associadas ao fenômeno estatístico chamado de Desigualdade de Jensen. Essas são características matemáticas que precisam ser levadas em consideração, pois elas têm um impacto financeiro: elas provocam o efeito retrovisor, também conhecido como viés de convexidade. 

Trata-se de um viés comportamental, pelo qual os investidores reagem aos movimentos recentes no mercado, alocando cada vez mais em ativos que apresentaram bom desempenho e se desfazendo dos que apresentaram baixa performance (embora, racionalmente, todo investidor saiba que resultados passados não são promessa de resultados futuros). Assim, a convexidade também foi incluída no cálculo da inflação implícita.

Como resultado, considerando todos esses componentes, o cálculo da inflação implícita ficou da seguinte forma:

Inflação Implícita = Expectativa de Inflação + Prêmio de Risco da Inflação + Prêmio de Liquidez + Convexidade

Vale a pena lembrar que a expectativa de inflação corresponde ao cálculo da taxa nominal menos a taxa real de juros.

Pesquisas empíricas já demonstraram que o componente da expectativa de inflação explica cerca de 60% da variação da inflação implícita, enquanto os demais correspondem, juntos, a 40% do resultado. 

Dificuldades para o cálculo da Inflação Implícita

Mesmo com uma fórmula relativamente simples, existe uma grande dificuldade no cálculo efetivo da inflação implícita: seus componentes são difíceis de observar concretamente. Por isso, é preciso trabalhar com estimativas.

É claro que tais estimativas são feitas com base em modelos fundamentados. Dessa forma, os resultados obtidos por pesquisas de caráter empírico são considerados confiáveis, mesmo que exista uma margem de erro.

Importância da Inflação Implícita

A inflação implícita é importante porque, comparada a outros métodos de previsão do nível futuro de preços, ela conta com três boas vantagens. Em primeiro lugar, pode ser calculada em bases diárias. Em segundo lugar, reflete as crenças dos agentes da economia. Em terceiro lugar, é baseada em decisões que envolvem ganhos e perdas. 

Para completar, se o cálculo mais completo for ignorado, usando apenas o componente da expectativa de inflação, ainda é possível estimar a inflação implícita com até 60% de precisão, como foi apontado anteriormente. Ou seja, é um método bastante simples e útil.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados