Open Nav Logo Mais Retorno

Ilusão do Agrupamento

O que é a Ilusão do Agrupamento?

Ilusão do Agrupamento (ou clustering illusion) é o nome dado à tendência mental que nós seres humanos temos de encontrar padrões onde não existem.

Um exemplo geral de como a ilusão do agrupamento se manifesta é em superstições. Provavelmente a primeira pessoa a cunhar que passar embaixo de escadas dá azar passou por uma delas e vivenciou uma experiência desagradável. Ao repetir o ato e ser afetada por um infortúnio, a associação foi feita: caminhar por baixo de uma escada causa desgraças.

Mas vamos analisar isso mais de perto. Se o infortúnio foi uma demissão, é mais provável que um desempenho insuficiente ou um grande erro o tenha causado, certo? Se foi um divórcio, brigas, infidelidades ou objetivos diferentes são justificativas mais plausíveis do que a escada.

Ainda assim, a ilusão de agrupamento não é racional: ela se utiliza da necessidade cerebral de coerência cognitiva para encontrar relações de ação e reação (mesmo que ilusórias).

Se você não se considera uma pessoa supersticiosa, é possível que se considere imune à ilusão de agrupamento (oi, viés do ponto cego!). Saiba que não é só de verrugas nos dedos de quem aponta estrelas que esse viés se alimenta, ok? Pelo contrário, ele influencia as áreas da sua vida de forma bem mais sutil e até perigosas - com suas finanças não é diferente.


Qual é a origem da Ilusão do Agrupamento?

A ilusão do agrupamento é um viés. Isso significa que é uma falha de lógica que nasce de processos genuínos de automatização do cérebro.

Ainda não entendeu? Explicamos: o cérebro automatiza a maioria das suas atividades (de piscar a calcular) para poupar energia, que será usada posteriormente em situações realmente essenciais.

Isso é benéfico: já pensou se você tivesse que pensar em como segurar a caneta sempre que fosse escrever? Para tanto, depois que você aprende, o “manual de instruções para escrita” é colocado no inconsciente e todo o movimento se torna intuitivo.

Mas não é só de atividade física que a automatização vive: ela se estende para as suas respostas mentais e emocionais também.

É por isso que sempre que um ladrão te aborda você sente medo, mas o mesmo (por vezes num nível de nervosismo até maior) acontece quando você tem que falar em público. O seu “manual de instrução das apresentações” é composto por memórias de vergonha que se transformam em ações de timidez, por exemplo.

No caso da ilusão de agrupamento, a nossa tentativa de encontrar padrões também nasce de algo benéfico como:

  • Na vida primitiva, se uma comida tem o mesmo cheiro que outro alimento podre, é provável que ele também esteja podre e não se deve comê-lo;
  • Na vida moderna, se um semáforo mostra o sinal verde é provável que carros passem pela rua em alta velocidade e não se deve atravessar.

Padrões positivos de se aprender, certo?

O problema nasce quando começamos a estabelecer padrões onde, de acordo com a lógica e a racionalidade, eles não existem.

É como se:

  • Na vida primitiva, um alimento podre é encontrado em um dia de céu nublado; logo, toda vez antes de comer o indivíduo olha para o céu. Se o céu estiver nublado novamente, ele não come, porque estabeleceu uma relação entre o céu e a comida estragada;
  • Na vida moderna, um carro passa em alta velocidade pela rua quando uma fruta cai do pé na calçada; logo, toda vez que quer atravessar a rua, o indivíduo olha para a árvore. Se nenhuma fruta der sinal de queda, ele atravessa, porque estabeleceu uma relação entre a fruta e o trânsito.

Olhando assim não faz o menor sentido, certo? Afinal, é provável que o primeiro acabe com uma intoxicação e o segundo, atropelado.

Contudo, saiba que a ilusão de agrupamento se apresenta de formas muito mais brandas no nosso dia a dia.

Como a Ilusão de Agrupamento se aplica às finanças?

Para falar desse efeito no cotidiano, nós não podíamos deixar de trazê-lo para a questão financeiro, não é mesmo?

Bom, uma das formas mais comuns de ilusão de agrupamento nas finanças diz respeito às análises feitas por investidores. Por vezes, ávidos em encontrar oportunidades que ninguém mais viu (e lucrar com isso), eles começam a tentar encontrar padrões de alta e queda.

Isso não é errado. A questão é que, muitas vezes, os padrões realmente parecem ser verídicos, diferentemente da relação fruta x trânsito que vimos no tópico anterior. Enganados, os investidores apostam nessa análise mal embasada e, claro, perdem dinheiro. “Mas parecia tão claro”, eles podem dizer.

E é esse o ponto central da ilusão de agrupamento no dia a dia: ela é muito verossímil.

Para evitá-la, então, é necessário diversificar as fontes de dados, testar as hipóteses com métodos de cálculo e análise amplamente comprovados e, se possível, discutir as descobertas com pessoas mais sábias e experientes.

Do contrário, a sua indigestão econômica pode ser tão forte que você vai desejar, na próxima vez, que pelo menos um céu nublado tivesse te avisado do que estava por vir.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados