Open Nav Logo Mais Retorno

Fundo de Participações (FIP)

O que é Fundo de Participações (FIP)?

O Fundo de Participações ou FIP, é um fundo destinado a comprar participações de empresas de capital aberto, fechado ou em companhias em fase de desenvolvimento. Além disso, os FIP podem comprar também debêntures simples e conversíveis em ações, além de bônus de subscrição de determinadas empresas.

Em grande parte, os FIP são destinados aos investidores que possuem mais recursos, como os investidores qualificados e profissionais, uma vez que o aporte mínimo em tais fundos pode ser bem elevado.

Diferente do que acontece com os fundos de investimentos oferecidos por corretoras, nos quais boa parte dos investidores tem acesso, no FIP o resgate não é liberado de forma tão prática.

Em geral, os FIP possuem uma data de vencimento na qual os recursos aplicados só poderão ser resgatados depois dela ou se tal solicitação for aprovada em assembleia.

Dependendo do tamanho da participação que o FIP conseguir comprar de uma firma, é provável que ele tenha poder de tomar decisões e participar de votações no conselho de administração.

Ou seja, os membros do fundo terão poderes de influenciar a gerência da empresa investida, algo que não costuma ocorrer com fundos de investimentos tradicionais.


Como funciona um Fundo de Participações?

Geralmente o FIP é constituído como fundo fechado. Se esse for o caso, os investidores interessados devem levar em consideração que depois de investir nesses fundos, não há como realizar o resgate desse dinheiro e tampouco é possível investir mais.

Em alguns casos ainda é possível que o FIP tenha suas cotas negociadas em bolsa de valores.

Isso já acontece com alguns fundos como o FIP Ômega, que foi lançado pela XP Investimentos.

O fundo tem participação em uma empresa que, por sua vez, tem investimentos em duas geradoras de energia.

Semestralmente os cotistas do fundo recebem parte dos rendimentos provenientes do negócio.

No caso do FIP Ômega, embora a empresa seja de capital fechado, os investidores podem ter uma participação nela comprando cotas do fundo na bolsa de valores.

Vantagens e desvantagens do investimento em FIP

As empresas que são alvo de investimentos dos FIP, na maioria das vezes são empresas que ainda estão em fase de maturação ou crescimento.

Portanto, não estamos falando de empresas consolidadas no mercado, de forma que a possibilidade de auferir bons ganhos é alta, assim como os riscos desse tipo de investimento.

Querendo ou não, investidores que conseguem contar com uma participação em empresas em fase inicial de vida, tem a possibilidade de alcançar um lucro consistente a longo prazo.

Além da possibilidade de conseguir lucrar com a eventual evolução da companhia, os FIP tendem a conseguir uma cadeira na gestão da empresa.

Desse modo, o fundo tem uma participação ativa na tomada de decisão da empresa.

Por outro lado, essa influência pode se tornar algo negativo para o empresário em alguns casos. Em alguns casos, para apresentar resultados de retorno rápido aos seus investidores, os gestores do fundo podem pressionar a empresa a realizar práticas que nem sempre estão alinhadas à satisfação de seus clientes.

Outro ponto negativo sobre os FIP é a questão de liquidez do investimento.

Aqueles que comprarem cotas de um FIP, provavelmente terão que aguardar o fundo ser encerrado para conseguir ver o dinheiro de volta, salvo quando houver uma assembleia e os membros decidirem realizar algum resgate ou se o FIP for negociado em bolsa.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados