Open Nav Logo Mais Retorno

Franquia

Avalie este post

O que é Franquia?

Uma franquia funciona de forma similar a uma filial. A empresa possui um determinado negócio e, para conseguir se expandir pela região ou país, acaba criando uma empresa franqueadora.

Desse modo, outras pessoas que têm interesse podem investir nessa expansão, adquirindo o direito de explorar a marca e o negócio da empresa franqueadora.

No Brasil e no mundo, várias empresas já trabalham com esse formato de negócio. Ao invés de a empresa sair por aí abrindo filiais, fato que poderia aumentar consideravelmente suas despesas, ela acaba desenvolvendo uma franquia.

Assim, os interessados podem adquirir o direito de vender os produtos e utilizar a marca da franqueadora, mas aportam um investimento inicial em troca disso. Além disso, os investidores recebem um treinamento específico sobre como administrar e desenvolver sua franquia.

Em um segundo momento, quando a franquia já estiver em operação, partes desses ganhos são pagos para a franqueadora por meio de “royalties”.

Como funciona a Franquia?

Quando uma empresa tem o interesse de expandir os seus negócios para além do seu território, ela possui duas opções:

Faz a abertura de filiais e continua tocando o negócio de sua forma, com os recursos dos próprios;

Cria uma franquia, estabelecendo regras e formas de como oferecer a outras pessoas interessadas um modelo de negócios utilizando a sua marca e operação em si.

Recorrendo a segunda opção, a empresa deverá desenvolver uma metodologia para oferecer seu negócio a possíveis investidores e empreendedores.

Dessa forma, uma pessoa que gosta do modelo dessa franquia, pode solicitar um orçamento para realizar esse investimento e iniciar uma operação da empresa em uma determinada região.

Esse processo pode ser rápido ou demorado, dependendo dos procedimentos adotados pela franquia. Existem franquias que são de baixo custo e que não exigem tanta burocracia.

No entanto, outras empresas que trabalham com a ideia de franquia há mais tempo e são marcas consagradas do mercado, acabam exigindo muitas coisas de seus potenciais franqueados. Dentre essas coisas, além de investimento alto, existe o treinamento e a implantação de diversas regras.

Depois de colocar tudo em prática, o investidor pode iniciar as operações da sua franquia. Porém, periodicamente, deverá pagar os royalties para a dona (franqueadora).

Vantagens da Franquia

Para aqueles que estão abrindo seu primeiro negócio, fazer um investimento maior através de uma franquia, pode ser a coisa mais segura de ser feita.

Ao mesmo tempo, para o empresário que está pensando na expansão de sua marca, trabalhar como uma franquia pode ser uma forma bem inteligente de reduzir custos e conseguir aumentar seu alcance e popularidade.

Quando o empresário desenvolve filiais, ele acaba tendo que investir muitos recursos na expansão, além de ter que montar uma estrutura bem eficiente de gerenciamento para conseguir lidar com todos os “braços” da empresa.

Por outro lado, ao partir para a abertura de franquias, será necessário desenvolver uma fórmula para ensinar aos interessados como tocar o negócio, além de elaborar regras para manter determinados padrões e verificar se tal região pode ser interessante ou não.

Depois disso, o dono da franquia pode incluir o pagamento de royalties pelos franqueados, e assim, conseguir extrair rendimentos dessas novas operações (pela utilização da marca e dos conhecimentos sobre o negócio).

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Avalie este post