Open Nav Logo Mais Retorno

Financiamento de Opções

Financiamento de Opções
5 (100%) 1 voto[s]

O que é o financiamento de opções?

O financiamento de opções (também chamado de lançamento coberto de opções) é uma estratégia de compra e venda de ações que combina dois mercados: o mercado à vista e o mercado de opções.

De forma resumida, o mercado à vista é onde os ativos são negociados e liquidados de forma imediata, pagando-se e recebendo-se os títulos à vista. Por outro lado, no mercado de opções o que se tem é um contrato que determina que o detentor das ações irá vendê-la se ele optar por comprá-las quando o dia chegar (daí o nome “mercado de opções”).

O financiamento de opções se concretiza como uma tentativa de se lucrar combinando os dois mercados. Logo após comprar um lote de ações no mercado à vista, o operador lança as opções de compra no mercado de opções - obviamente a um valor superior ao que pagou.

Com isso, o objetivo é prever o retorno da aplicação desde o início (caso o comprador opte por exercê-la) ou ainda arrendar o prêmio e diminuir o preço médio das ações em sua carteira (caso ele opte por não exercê-la).


Como funciona o financiamento de opções?

Imagine a seguinte situação: você vai ao supermercado hoje e volta de lá com 5 sacos de arroz, tendo pago 10 reais por cada um deles. Sabendo que um de seus vizinhos planeja oferecer um grande almoço de aniversário daqui um mês, você firma um acordo para fornecer a ele os seus 5 sacos por 13 reais cada um, apenas um dia antes da festa. Diante da fixação do valor, ele pagaria também uma taxa pela oportunidade de adquirir a um preço certo.

Quando o dia chega, então, o seu vizinho vai aos supermercados da região e se depara com os sacos de arroz a 18 reais. É claro que tendo a opção de comprar de você a 13 reais, conforme o contrato firmado, ele te procurará para concretizar a transação, certo?

No entanto, se os supermercados continuam a vender o produto a 10 reais, não faz sentido comprar de você a 13 reais (principalmente considerando que, segundo o acordo, ele não tem a obrigação de fazê-lo).

No financiamento de opções é exatamente isso que acontece: um operador intencionalmente compra títulos (“sacos de arroz”) no mercado à vista (“supermercado”) para vendê-los no mercado de opções (“vizinhança”), realizando toda a operação de forma planejada para lucrar com a diferença.

Quais são as vantagens atreladas ao financiamento de opções?

No financiamento de opções, o retorno é limitado: não adianta firmar um contrato de venda dos “sacos de arroz” a 13 reais e no dia de concretizar a transação querer vendê-lo a 18, só porque esse é o preço do “supermercado”, concorda? Nesse caso, embora o comprador tenha sempre a OPÇÃO, é do vendedor a OBRIGAÇÃO - ele não pode voltar atrás.

Ainda assim, o financiamento de opções apresenta algumas vantagens específicas a quem se aventura nessa estratégia. A principal delas diz respeito ao fato de que ambos os resultados possíveis (a opção ser exercida ou não) trazem benefícios ao vendedor.

Primeiro, ele pode embolsar o prêmio, que é o preço pago pelo comprador no momento da aquisição da opção. É como se o seu vizinho, no momento da assinatura do contrato, te pagasse um pequeno valor (R$0,50, 0,70, 1,00…) por saco de arroz para ter a opção de comprá-las no futuro. Independentemente da escolha feita por ele na data acordada, esse valor será seu.

Assim, ainda que o comprador opte por não exercer a opção no mercado tradicional de ativos, o vendedor arrecada o valor. Graças a isso, o preço médio das ações na carteira é reduzido.

Se ele opta por exercê-la, por fim, o seu lucro será composto pela diferença entre o valor inicialmente pago e o valor de venda e o prêmio.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Financiamento de Opções
5 (100%) 1 voto[s]
Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão