O que são Equities?

Equities é o plural de Equity, um termo em inglês que pode ser traduzido como Patrimônio Líquido

Ele pode ser usado em referência ao investimento realizado por meio da compra de participação societária em uma empresa, na forma de quotas  ou ações. Em outras palavras, investir em equities significa fazer a aquisição de um pedaço do valor patrimonial de empresas.


Entendendo Equities

Antes de falar sobre investimento em equities, precisamos entender que equity é o patrimônio líquido da empresa, calculado pela diferença entre ativos totais e passivos exigíveis. Esse valor é informado no balanço da empresa.

Outra maneira de entender o equity é como o valor restante que seria distribuído entre os acionistas ou quotistas da empresa, se todos os seus ativos fossem alienados e todos os seus passivos fossem liquidados. De fato, em um cenário de falência, é exatamente isso que acontece.

O que é o Investimento em Equities?

No universo do mercado financeiro, existem várias formas de investimento.

Por exemplo, um investidor pode adquirir títulos de dívida emitidos por uma empresa. Esses títulos asseguram que, em uma determinada data futura, a empresa vai devolver o valor que o investidor pagou pelo papel, acrescido de juros e correção monetária.

Quando o investidor compra esses títulos, ele torna-se um credor; ele não tem nenhuma participação societária na empresa.

Por outro lado, o investidor por adquirir ações de uma empresa na bolsa de valores. Ao fazer isso, ele pode ganhar dinheiro de duas formas: com a valorização das ações, que ele poderá vender no futuro por mais do que pagou, ou pelo recebimento de proventos (dividendos e juros sobre capital próprio).

Quando o investidor compra ações, ele está de fato comprando um pedacinho do capital social da empresa. Tornar-se acionista é tornar-se dono de uma parte da empresa. Isso é o que chamamos de investir em equities.

A compra de ações é apenas um dos caminhos para o investimento em equities.

O que são Private Equities?

Um dos caminhos possíveis para o investimento em equities é o que chamamos de private equities, que consiste na aquisição de participação acionária em empresas de capital fechado - aquelas cujas ações não são negociadas nas bolsas de valores.

Investir em private equities é uma alternativa considerada de maior risco, já que a liquidez é inferior ao investimento em equities nas empresas de capital aberto. Para entender melhor essa relação, vamos usar um exemplo.

Primeiro, suponha que João, um investidor, compra ações de uma empresa de capital aberto na bolsa. Caso ele se arrependa, no mesmo dia ele pode colocar essas ações à venda e, de maneira geral, não terá problemas para recuperar pelo menos uma parte do que investiu rapidamente.

Agora, imagine que João compra quotas de uma empresa de capital fechado e, mais tarde, percebe que não foi uma boa decisão. Ele provavelmente não conseguirá passar essa equity para outro investidor tão facilmente, por dois motivos: primeiro, porque há menos demanda em private equity; segundo, porque o procedimento dessa venda é mais complexo do que na bolsa de valores.

Apesar do risco, o investimento em private equities tem um papel muito importante. Empresas que já estão consolidadas costumam utilizar esse caminho para captar recursos de investidores e, assim, expandir seus negócios. Com uma expansão bem-sucedida, o próximo passo costuma ser a abertura de capital.

O que é Brand Equity?

Já vimos que equity corresponde ao patrimônio líquido da empresa. Em alguns casos, esse termo é usado na expressão "brand equity", que não está ligado ao universo do mercado financeiro, mas ao marketing corporativo.

Brand equity pode ser traduzido como patrimônio da marca e refere-se ao valor que a marca agrega ao produto ou serviço da empresa. Esse valor agregado reflete-se, eventualmente, no preço do produto.

É o caso, por exemplo, de um smartphone da Apple: o aparelho já é considerado superior – mais moderno, com melhor desempenho e melhor design – e desejado, antes de qualquer análise técnica, simplesmente por ser da marca da maçã. Naturalmente, ele custa mais caro do que aparelhos de outras marcas, que não têm o mesmo brand equity.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Liquidação

O que é a liquidação? É chamado de liquidação uma das etapas da transação de ativos, segundo a qual o encerramento das operações se dá apenas…

Veja outros termos