Open Nav Logo Mais Retorno

EBIT

O que é EBIT?

EBIT (Earnings Before Interest and Taxes) ou em bom português, Resultado Antes dos Juros e Impostos (LAJIR), é uma métrica utilizada para encontrar o resultado das operações de uma empresa.

As formas de encontrar o EBIT são bem simples. Você precisará ter em mãos: i) a receita líquida da empresa e os custos e despesas operacionais; ou apenas ii) o lucro líquido, os juros e os impostos.

As duas formas de se encontrar o EBIT podem ser resumidas nas seguintes fórmulas:

EBIT = Receita Líquida – (custos de produção, serviços e comercialização) – (despesas comerciais, administrativas e com vendas)

ou
EBIT = Lucro Líquido + Juros + Impostos


Qual é a utilização do EBIT?

Uma das principais utilizações do EBIT é dentro de análises financeiras. Sem dúvidas, ao iniciar um estudo sobre um determinado ativo como uma ação, o investidor vai acabar passando um bom tempo se debruçando sobre o Balanço Patrimonial e o DRE da firma.

Mas o balanço e o DRE são relatórios um tanto quanto difíceis de se conseguir extrair boas análises. O investidor precisa inserir alguns indicadores e estudos para conseguir tirar uma melhor interpretação dos relatórios.

Desse modo, o EBIT aparece como uma excelente solução. Dentro do formato do DRE as últimas contas são referentes aos resultados financeiros da empresa e seus impostos sobre o lucro.

Dentro do EBIT não haverá os valores referentes aos resultados financeiros e tampouco os impostos incidentes sobre o lucro da empresa.

Assim, é possível afirmar que nessa análise só entrarão os valores operacionais da empresa.

Querendo ou não, ao consultar o EBIT estamos dando preferência a números relacionados à situação operacional da firma.

Se o EBIT estiver positivo, isso significa que a empresa de alguma forma consegue gerar lucros com o seu negócio.

Se esse lucro for alto, então a empresa realmente tem um bom desempenho no mercado.

É claro que todos querem saber do resultado final (o lucro líquido), mas infelizmente até boas empresas, que possuem bons resultados operacionais, podem acabar gerando prejuízos.

Isso acontece devido a empréstimos e eventuais outros contratempos que a empresa ainda tem a pagar ou despesas relacionadas à equivalência patrimonial e situações semelhantes.

Porque utilizar o EBIT?

Condições relacionadas aos resultados financeiros e até mesmo sobre os lucros da empresa podem ser “passageiras”.

Ou seja, uma empresa que tenha registrando um lucro líquido extremamente alto não necessariamente é uma boa companhia. Tudo depende do escopo que você está utilizando para analisar esse negócio.

Por exemplo, existem empresas que possuem margens líquidas extremamente altas. Sendo que essa performance só fica evidenciada após os resultados financeiros.

Ao olhar mais de perto empresas assim, podemos encontrar vários motivos para tal situação:

  • Caixa elevado da empresa (sugere que boa parte do dinheiro está investido)
  • Ganhos através de equivalência patrimonial (holding ou coisas do gênero)

Ou seja, esses dois aspectos muitas vezes não estão relacionados à atividade da empresa.

Por exemplo, uma empresa que tenha como objeto social a construção de imóveis pode muito bem registrar prejuízos no EBIT e mesmo assim apresentar lucro líquido por causa dos resultados financeiros (como parte do caixa aplicado ou coisa semelhante).

O grande motivo para utilizar o EBIT está sustentando na teoria de que, através desse número, teremos condições de identificar se a operação da empresa como um todo (envolvendo inclusive despesas administrativas, comerciais e demais despesas), está conseguindo render um bom resultado.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados