O que é o Custo de Vida?

Custo de vida é o nome dado ao cálculo específico que visa relacionar as necessidades de consumo de uma pessoa com o capital necessário para se custear o seu estilo de vida, de acordo com a variação de cada localidade. Em outras palavras, o custo de vida é a soma dos preços de habitação, transporte e educação (entre outros) em certa uma região. 

Para ilustrar, vamos supor que os seus gastos se resumem a: aluguel, contas de água e luz, alimentação básica e transporte. Será que você gastaria o mesmo valor para arcar com essas despesas se morasse em outra cidade ou país? A resposta é: não.

Como os preços são definidos baseados, sobretudo, em relações de oferta e demanda, essa variável se modifica em cada mercado. Uma fruta abundante em um estado brasileiro, bem sabemos, pode ser item raro em outro. O arroz em São Paulo não tem o mesmo custo do arroz em Aracaju, assim como o valor da passagem de ônibus em uma cidade não é o mesmo na cidade vizinha. 

Essas pequenas variações, que por vezes são de apenas alguns centavos, fazem diferença no final do mês. Suponhamos que na cidade X, onde você mora, o valor da passagem seja de R$3,00. Na cidade vizinha, R$3,30 (ou seja, se você pega ônibus 2 vezes ao dia, 22 dias (úteis) ao mês, a diferença mensal é de R$13,20.

"Ah, mas só R$13,20, nem é tanto assim". Agora imagine que todos os outros elementos do seu estilo de vida (moradia, estudos etc.) sejam 10% mais caros na cidade vizinha. É um baita peso no final do mês, concorda?

Só que o grande problema é que essa variação de 10% muitas vezes é ultrapassada. Para se ter uma ideia, Porto Seguro/BA e São Paulo/SP são algumas das cidades com, respectivamente, o menor e o maior custo de vida do Brasil. Em dado período, a diferença entre elas já chegou a quase 60%. Não, você não leu errado: 60% de variação no custo de vida. 

Na prática, isso significa que duas pessoas com o mesmo salário (R$2000,00, por exemplo) têm um poder de compra diferente a depender do local onde vivem. Por vezes, essa diferença se estabelece dentro de uma mesma cidade, em bairros ou zonas distintas. 


Como é calculado o Custo de Vida?

Para se estabelecer o cálculo de custo de vida de uma localidade é imprescindível que alguns parâmetros sejam definidos, especialmente no que tange à faixa de renda a ser analisada.

Pense bem: as pessoas integrantes da classe A, por exemplo, têm padrões de consumo diferentes de pessoas da classe D. Na prática, isso significa que o estilo de vida de uma classe não é o mesmo de outra e que os custos para "financiá-lo" também divergem. Apenas analisar que o custo de vida de uma cidade é de X reais não é o suficiente para se mudar de mala e cuia para lá - afinal de contas, se o seu principal gasto não está embutido no cálculo, você pode ter uma surpresa para lá de ingrata. 

No Brasil, um dos mais reconhecidos índices ligados a essa temática é o Índice do Custo de Vida (ICV), elaborado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEES)

Você se lembra que te contamos, lá no primeiro tópico, que as diferenças de custo de vida podem se expressar inclusive dentro de uma mesma cidade? Pois bem, o ICV é prova disso, visto que se debruça especificamente sobre o município de São Paulo.

Tendo como base três perfis, os consumidores são analisados de acordo com os seguintes grupos:

Cada grupo gera um extrato - uma espécie de raio-x do custo de vida daquele perfil.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Lei Kandir

A Lei Kandir foi uma das iniciativas do legislativo para incentivar a exportação, porém, causou muita polêmica. Saiba mais!