Última modificação em 3 de julho de 2020

O que é Conciliação Contábil?

Conciliação Contábil é um processo empregado para assegurar que a contabilidade da empresa não tenha erros de informação. Trata-se de uma comparação de informações da contabilidade com outras informações disponíveis nos extratos bancários, para assegurar sua precisão.


Como funciona a Conciliação Contábil?

Quando os relatórios contábeis são produzidos, eles servem a algumas finalidades muito sérias. Eles podem ser exigidos por lei, usados para informar aos sócios sobre o desempenho da empresa, divulgados publicamente para todos os agentes do mercado e até ser apresentados em processos judiciais. 

Obviamente, as informações desses relatórios precisam ser extremamente precisas. Um lançamento duplicado pode fazer o valor contábil da empresa ser totalmente distorcido, para mais ou para menos. Uma movimentação de entrada não contabilizada pode rebaixar o lucro líquido da empresa no período e assustar os investidores.

Para garantir essa precisão, é feita uma espécie de conferência das informações da contabilidade. Elas são comparadas com informações disponíveis nos extratos bancários, para verificar se as movimentações e valores estão devidamente registrados.

Qual é a diferença entre Conciliação Contábil e Conciliação Bancária?

Conciliação contábil e bancária são, ambas, atividades em que comparamos informações sobre as movimentações financeiras da empresa para assegurar que os registros estão corretos. Porém, a conciliação contábil é feita especificamente para corrigir eventuais erros nos relatórios contábeis, como o balanço patrimonial

Enquanto isso, a conciliação bancária é mais geral, feita para corrigir erros em qualquer controle financeiro interno. Ela acaba beneficiando a contabilidade, é claro, porque os relatórios contábeis são feitos a partir dos controles financeiros internos. Porém, esse não é seu objetivo direto.

Como é feita a Conciliação Contábil?

Para fazer a conciliação contábil, os relatórios contábeis (balanço, DRE) são comparados com as movimentações indicadas no extrato bancário da conta da empresa. Vejamos um exemplo.

Suponha que o fluxo de caixa de uma empresa tem as seguintes informações:

Então, a pessoa responsável pela contabilidade vai fazer a conciliação contábil e, no extrato bancário, encontra as seguintes informações:

Nessa comparação, portanto, são identificadas duas discrepâncias.

A primeira é fácil de resolver: a diferença de datas na movimentação de saída de R$ 1.300. Não existe dúvida de que a data constante do extrato é a que deve prevalecer, pois é a data em que o dinheiro efetivamente saiu da conta da empresa. Então, basta ajustar o fluxo de caixa.

Por outro lado, a segunda discrepância é mais complicada: a diferença de valores na saída do dia 18. Será que o controle financeiro em que o fluxo de caixa foi baseado tinha uma informação errada e realmente deveria sair R$ 560, ou será que aconteceu algum outro problema (até mesmo uma fraude) e saiu mais dinheiro da conta da empresa do que deveria? 

Nesse caso, não se trata apenas de fazer um ajuste. É preciso investigar para ver onde está o erro, no registro usado para a contabilidade ou na movimentação realizada.

Outro ponto importante é que o trabalho de conciliação contábil não pode ser esporádico. Ele deve ser realizado com periodicidade adequada; pelo menos, com a mesma frequência que os relatórios contábeis são produzidos. Para algumas empresas, esse pode ser um processo mensal; para outras, semestral ou até anual. 

O mais importante é que todo relatório de contabilidade precisa passar pela conciliação antes de ser encerrado. A divulgação de um balanço ou DRE com valores incorretos pode trazer graves consequências para uma empresa, incluindo a perda de confiança dos investidores, que usam essas informações para decidir se vale a pena colocar seu dinheiro naquele negócio ou não.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

SESC – Serviço Social de Comércio

O que é o Serviço Social do Comércio (SESC)? É chamado de Serviço Social do Comércio (SESC) a instituição sem fins lucrativos mantida no Brasil com…

Veja outros termos