Open Nav

Certificações Financeiras

O que são Certificações Financeiras?

As certificações financeiras são qualificações que um investidor pode fazer se quiser atuar profissionalmente no mercado de capitais. Seja para trabalhar com análise ou recomendação de investimentos, as certificações financeiras conferem conhecimento ético e legal, além de mais credibilidade.

O mercado financeiro é um setor de alta performance, que requer a habilidade dos profissionais para lidar com a movimentação de grandes somas de dinheiro. Por conta disso, é uma área que também oferece salários elevados.

Existem diversas certificações financeiras, oferecidas por diferentes instituições e que possuem finalidades específicas para atuar neste segmento.


Qual a importância das certificações financeiras?

De acordo com o Financial Planning Standards Board (FPSB), que oferece o Certified Financial Planner (CFP), as certificações financeiras têm o objetivo de dar confiabilidade nas transações do mercado financeiro.

Isso acontece por meio da atividade de profissionais qualificados para que o investidor se sinta seguro nas recomendações e análises que recebe.

As certificações financeiras incluem:

  • conteúdo técnico sobre as operações;
  • informações sobre a legislação do setor;
  • características para uma conduta ética.

As entidades também têm o poder de intervir, inclusive judicialmente, quando uma empresa ou profissional atua de forma antiética e que possa prejudicar os investidores.

Principais certificações financeiras

Algumas certificadoras contam com uma rede de empresas filiadas pelo mundo que oferecem o treinamento. Além do conteúdo, o acompanhamento de estágio supervisionado e reciclagens da certificação são outros pontos que chancelam a importância das certificações financeiras. Confira as principais delas:

CPA-10 e 20

CPA-10 e CPA-20 são as certificações financeiras oferecidas pela Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima), que regula o setor. O que diferencia uma da outra é a abrangência de atuação. CPA é a sigla para Certificação Profissional Anbima.

O CPA-10 é destinado a bancários para a prospecção de clientes pessoa física e jurídica ou venda de produtos de investimentos. O CPA-20 oferece a mesma qualificação, mas também a possibilidade de atender investidores mais qualificados, nas áreas de private e corporate.

A prova abrange o sistema financeiro, economia, ética, leis, tributação e regulação do mercado e produtos de investimento.

CEA

É mais uma entre as certificações financeiras da Anbima e que oferece as mesmas atribuições que o CPA-10 e CPA-20 e outras funções. A Certificação Especialista de Investimentos Anbima é destinada aos profissionais que assessoram os gerentes de conta de pessoas físicas em investimentos. No caso, é possível indicar produtos na instituição em que trabalha.

A prova para o CEA se aprofunda mais na parte de matemática e temas como previdência e fundos não bancários.

CGA

A Certificação de Gestores Anbima é obrigatória para quem vai gerenciar os recursos de outras pessoas. É o caso de quem quer trabalhar como asset manager (gestor de ativos).

Por ter a possibilidade de tomar decisão sobre investimentos de outras pessoas, a prova do CGA é mais complexa. As questões abordam temas como o sistema financeiro, teorias de gestão de carteira, riscos e modelos de precificação de ativos.

Ancord

A Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (Ancord) oferece certificação para agente autônomo, também chamado de assessor de investimentos. É o profissional que faz a intermediação das operações e é obrigado a ter o selo para atuar profissionalmente.

A prova aborda questões do sistema financeiro, economia, administração de riscos, matemática financeira e atividades do agente autônomo.

CNPI

O Certificado Nacional de Profissionais de Investimentos (CNPI) é concedido pela Associação dos Analistas Profissionais de Investimento de Mercado de Capitais (Apimec).

O trabalho de uma pessoa com o CNPI é de fazer relatórios de investimentos, consultorias e análises de mercados e empresas. O CNPI é dividido entre análise técnica das ações (CNPI-T) e fundamentalista (CNPI-P).

CFP

O Certified Financial Planner é destinado para quem utiliza o conhecimento de investimentos, porém atuando como planejador financeiro. O profissional leva em conta a realidade, objetivos e necessidades do cliente.

O CFP é reconhecido no mundo todo e só pode aplicar para a certificação quem tem curso superior e experiência de, pelo menos, três anos na área.

CFA

O Chartered Financial Analyst também é uma das certificações financeiras reconhecidas globalmente. O profissional com CFA também compreende as atribuições do CGA, de gestores.

O CFA permite o trabalho com gestão de carteira, fusões e aquisições, trader e analista financeiro, entre outros. A prova conta com três módulos e em Inglês.

Como Investir nos Melhores Fundos

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados