Open Nav Logo Mais Retorno

Candlestick

O que é Candlestick?

Candlestick nada mais é que um formato de gráfico utilizado na análise técnica de mercado desenvolvida pelos japoneses em meados do século XVIII.

O método era aplicado para interpretar as oscilações antigas bolsas de arroz da cidade de Osaka. De maneira geral, os padrões de Candlestick ajudam os investidores a acompanhar as tendências dos preços dos ativos, sinalizando pontos de suporte e resistência.


Conheça um pouco da história do método de Candlestick

No século XVIII os japoneses desenvolveram um método de análise técnica para acompanhar os preços de contratos futuros de arroz.

O arroz era a commoditie predominante no país e os fazendeiros de todo o Japão remetiam sacas de seus armazéns para diferentes regiões  e, em troca, recebiam títulos representativos do valor, documento que poderia ser vendido a qualquer momento nas chamadas bolsas de arroz.

Candlestick é o nome ocidentalizado para técnica empregada a época, que se tornou conhecida no mundo inteiro. Toda essa popularização se deveu em grande parte ao americano Steve Nison, investidor de Wall Street.

Atribui-se a Munehisa Honma o maior desenvolvimento do método de Candlestick. Ao invés de se fazer presente em Osaka para realizar as transições, ele enviava as instruções de compra e venda a um mensageiro, que o representava na bolsa. Reza a lenda que ele foi capaz de obter 100 trades consecutivos vitoriosos.

Quais as características do método de Candlestick?

Candlestick em inglês significa candelabro. O nome se deve ao fato de os ícones afixados nos gráficos de Candlestick se parecerem com velas.

Para que tudo fique mais claro, veja as imagens abaixo de um exemplo de gráfico e o significado de cada um de seus elementos.

  • Preço de abertura — é o preço pelo qual foi fechado o primeiro negócio do intervalo (por exemplo, no dia).
  • Preço de fechamento — é o preço pelo qual foi fechado o último negócio do intervalo.
  • Preço máximo — é o maior preço negociado no intervalo.
  • Preço mínimo — é o menor preço negociado no intervalo.

suporte-resistencia-candlesticksuporte-resistencia-candlestick

Como interpretar as variações do gráfico de Candletick?

Intervalo

O intervalo de tempo no gráfico de Candlestick pode ser medido em minutos, dia, semana, mês, etc. Quem realiza operações em day trade, por exemplo, comprando e vendendo ativos em um mesmo dia, costuma trabalhar com padrão de candles entre 1 e 5 min.

Já que em opera em swing trade tem por hábito empregar intervalos de 1 dia.

Variações

A estrutura do gráfico de Candlestick apresenta as seguintes variações possíveis:

  • Sem corpo e com sombra (doji): acontece quando o preço de abertura é igual ao de fechamento porém existe uma diferença entre o menor e o maior preço;
  • Com corpo e com sombra: acontece quando o preço de abertura é diferente ao de fechamento, porém existe ainda uma diferença maior entre o menor e o maior preço, com os preços de fechamento;
  • Com corpo e sem sombra: acontece quando o preço de abertura é diferente ao de fechamento, contudo não existe uma diferença em comparação do maior e o menor preço, com os preços de fechamento.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados