Open Nav Logo Mais Retorno

BNDES

O que é o BNDES?

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) foi criado em 1952 para funcionar como um importante agente de investimento e de fomento do financiamento de longo prazo.

Ele é um dos maiores bancos públicos do mundo e, por meio de suas operações:

  • Oferece financiamentos em condições mais vantajosas;
  • Participa de emissões do mercado de capitais (títulos de renda fixa e ações);
  • Presta garantias;
  • Promove projetos de cunho social, tecnológico e cultural;
  • Implementa políticas anticíclicas, de acordo com as diretrizes definidas pelo governo.

Seu raio de atuação é bastante abrangente:

  • Infraestrutura;
  • Agropecuária;
  • Exportação;
  • Desenvolvimento regional;
  • Inovação;
  • Economia criativa;
  • Inclusão social;
  • Indústria, comércio e serviços de todos os portes;
  • Meio ambiente.

Sua estrutura, conhecida como Sistema BNDES, ainda conta com:

FINAME: financia a venda de máquinas e equipamentos;

BNDESPar: detentora da carteira da valores mobiliários do banco;

BNDES Limited: equivalente à BNDESPar, foi criada com o intuito de conter uma carteira de ações de empresas estrangeiras.


Por que o BNDES possui uma dívida com o Tesouro Nacional?

Nos anos em que o Partido dos Trabalhadores (PT) esteve no comando do país, o banco público foi usado essencialmente para financiar grandes grupos econômicos. Esse modelo tentava imitar a forma como a China financiava os seus conglomerados empresariais.

No formato escolhido para o BNDES, o banco recebia recursos emprestados do Tesouro Nacional. Ele, por sua vez, emprestava a juros baixos às empresas chamadas de “campeãs nacionais” para que elas investissem e ganhassem projeção internacional.

Por mais louvável que fosse a iniciativa, ela tinha um sério erro de estruturação: o Tesouro Nacional captava recursos, vendendo títulos públicos no mercado, a um custo superior ao retorno que o BNDES recebia pelas operações que realizava.

Além do problema causado nas contas do governo, muitas das empresas beneficiadas receberam os recursos pelos vínculos de interesse que possuíam, independentemente de sua capacidade de geração de riqueza para o país.

Quais as atuais prioridades do BNDES?

Embora o BNDES possua diversas atribuições, atualmente algumas delas figuram como suas prioridades.

Infraestrutura, Inovação e Digitalização

A redução de sua participação no financiamento de companhias, tal como ocorria em gestões anteriores, se deve ao seguinte fato: as empresas que mais crescem hoje demandam pouco investimento em capital (instalações físicas, por exemplo), dado que se encontram em um contexto de compartilhamento de recursos.

Contando com uma equipe altamente qualificada para estruturar projetos e sendo responsável por um orçamento equivalente a 1% do PIB do país, o banco selecionou as seguintes áreas como sendo prioritárias:

  • Infraestrutura: mediante a concessão de crédito de longo prazo;
  • Inovação: para a geração de negócios de maior valor agregado;
  • Digitalização: como um indutor de produtividade, tanto no setor público como na iniciativa privada.

No que tange a infraestrutura, alterações previstas na regulamentação favorecerão os seguintes setores:

  • Gás natural: com a Petrobras se desfazendo de algumas atividades do setor de óleo e gás e direcionando os seus esforços para a exploração de petróleo, esse setor precisa de aprimoramentos para que outros agentes possam participar;
  • Energia elétrica: elaboração de uma solução para os problemas enfrentados pelas usinas hidrelétricas, em função das mudanças climáticas, e novos estímulos às fontes eólica e solar;
  • Saneamento: padronização da regulação para que o setor privado entre em projetos que tenham escala e, portanto, adotem tecnologias mais avançadas.

O BNDES possui reconhecida competência para coordenar projetos complexos e que exigem a participação de vários ministérios e agências reguladoras.

Desestatização

O mesmo pode ser dito sobre a participação do BNDES no programa de desestatização (venda de empresas estatais). O banco público é o melhor agente para elaborar os estudos e fazer a modelagem, tanto para atrair investidores privados como para propiciar o maior valor de venda para o governo.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados