Open Nav Logo Mais Retorno

BDR – Brazilian Depositary Receipt

O que é o Brazilian Depositary Receipt?

O Brazilian Depositary Receipt (comumentemente traduzido como Certificado de Depósito de Valores Mobiliários) é um título que permite a investidores brasileiros comprarem ações de empresas estrangeiras.

Através de certificados emitidos por instituições depositárias brasileiras, surgem os recibos de ação, que estão atrelados às ações originais sob custódia no país de origem e podem ser comercializados nos mercados de ações do Brasil.

O Brazilian Depositary Receipt é uma excelente opção para os investidores brasileiros que desejam aplicar em companhias internacionais. Isso porque, além de evitar os altos custos de se enviar capital ao exterior, ele também oferece os mesmos direitos garantidos aos acionistas estrangeiros, como o recebimento de dividendos.


Como os Brazilian Depositary Receipts funcionam?

Para que os BDRs sejam emitidos, é necessário que existam duas instituições depositárias envolvidas na transação.

A primeira, situada no país de origem da companhia, é responsável pela custódia das ações.

Já a segunda, situada no Brasil, é quem emite os Brazilian Depositary Receipts e garante que os certificados estejam lastreados com os valores mobiliários originais.

Em ambos os casos, é essencial que a instituição depositária esteja devidamente autorizada a realizar essas operações.

No Brasil, por exemplo, a autorização deve ser dada pelo Banco Central, enquanto a habilitação para emissão de BDRs provém da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Já o procedimento para emissão varia de acordo com o patrocínio (ou não) da companhia emitente dos títulos.

Ao dizer que os títulos são do tipo não-patrocinados se sinaliza que a emissão de BDRs não derivou de um acordo entre empresa e instituição depositária, sendo iniciativa solo desta última.

Já nos casos patrocinados, a companhia se associa à instituição no processo de emissão. Assim, ela se torna diretamente responsável pela divulgação de informações aos acionistas e por lhes conceder outros direitos corporativos.

Mas uma coisa é certa: todos os Brazilian Depositary Receipts, independentemente do tipo de patrocínio que detêm, são negociados e liquidados em real. Ainda assim, continuam atrelados à variação cambial no país de origem das ações e sujeitos a flutuações.

Quais são os tipos de Brazilian Depositary Receipt existentes?

Cada modalidade de patrocínio comporta as suas próprias diversificações internas.

Os BDRs patrocinados são divididos em 3 níveis. Já os não-patrocinados contam com apenas um.

Brazilian Depositary Receipts patrocinados

Nível I: São certificados negociados apenas nos mercados de balcão, cujo requisito mínimo para compra, seja pessoa física ou jurídica, é ter ao menos R$1.000.000,000 investidos.

Nível II: Esses certificados podem ser negociados tanto no mercado de balcão quanto na Bolsa de Valores. No que o tange ao padrão das demonstrações contábeis da empresa, diferentemente do Nível I, aqui somente aceita-se o emprego do padrão brasileiro.

Nível III: Segue os mesmos parâmetros do BDR de Nível II. É usado exclusivamente nos casos de Oferta Pública de novas ações, simultânea no Brasil e no exterior.

Brazilian Depositary Receipt Não-Patrocinados

Os BDRs não-patrocinados admitem negociações apenas nos moldes das realizadas no Nível I dos BDRs patrocinados.

Como identificar uma Brazilian Depositary Receipt na Bolsa de Valores?

Para fins de identificação, cada empresa possui o seu próprio código de BDR.

  • A Apple, por exemplo, é identificada como AAPL. Já a Amazon, como AMZO. Netflix e Gap são, respectivamente, NFLX e GPSI.

Quais são as vantagens de se investir em Brazilian Depositary Receipts?

Para os investidores brasileiros, o oferecimento de ações de empresas internacionais nos moldes dos BDRs é muito vantajoso.

Isso porque, pelas vias tradicionais, aqueles que desejam investir em grandes empresas multinacionais (como a Apple e o Facebook) seriam obrigados a transferir dinheiro ao exterior e arcar com altas taxas, intermediários e câmbios, encarecendo e complicando o processo como um todo.

Além da economia, o Brazilian Depositary Receipt fornece aos investidores as vantagens comuns a qualquer acionista.

No caso dos não-patrocinados, o recebimento de dividendos e juros sobre capital próprio. Já os patrocinados contam ainda com o direito a voto nas assembleias corporativas.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados