Open Nav Logo Mais Retorno

Ativo Imobilizado

Ativo Imobilizado
5 (100%) 2 voto[s]

O que é o ativo imobilizado?

Ativo imobilizado é o conjunto de bens relacionados com a manutenção da empresa. São bens tangíveis, ou seja, físicos. Ele é uma parte que geralmente é utilizada para gerar renda.

Para a Receita Federal o seu conceito é conjunto de bens e que abrangem os custos de benfeitorias.

No Balanço Patrimonial ele vem logo abaixo do ativo circulante e também é de muita importância.

Não se pretende transformá-los em dinheiro dentro de um período de 1 ano. São também conhecidos como propriedade e equipamentos.

Também se referem a ele como ativos de capital ou bens de capital. Temos ainda a nomenclatura imobilizado técnico que nada mais é que os bens móveis e imóveis.


Para que serve o ativo imobilizado?

O ativo imobilizado serve para serem mantidos por uma companhia para uso na produção ou na venda de mercadorias e prestação de serviços.

É esperado seu uso por mais de 12 meses e de se conseguir benefícios econômicos com a sua utilização.

O seu valor registrado na contabilidade é o chamado contábil. Isto é, retirando a depreciação - valor que os bens perdem ao longo do tempo pelo desgaste, uso.

O que são bens de natureza permanente?

São os bens utilizados para a manutenção da atividade da empresa. Um exemplo disso são os imóveis. São bens que servem para a estrutura da companhia.

O que compõe o ativo imobilizado?

As contas do ativo imobilizado compõem bens em operação e são exemplos desse tipo:

  • Instalações;
  • Edificações;
  • Móveis e Utensílios;
  • Ferramentas;
  • Máquinas e equipamentos;
  • Veículos;
  • Terrenos;
  • Demais que seguirem esta ordem.

Os bens utilizados passam pela conciliação, inventário e avaliação contábil para que seja melhor registrados.

Qual a importância do ativo imobilizado?

O registro contábil perfeito dos bens tangíveis favorece na criação de relatórios financeiros verdadeiros, avaliação real do negócio e uma ótima análise fundamentalista.

Investidores e credores se utilizam deste relatório para saber a saúde da companhia. Se uma empresa X investe bastante em imobilizado em detrimento dos ativos de fácil circulação, isso significa um ponto negativo para os investidores.

Entretanto, ao mesmo tempo que pode não ser tão bom assim ter bastante imobilizado em relação ao ativo circulante, é igualmente importante uma empresa ter bens em seu nome para o caso de ter que quitar dívidas maiores no longo prazo.

Como é a depreciação do ativo imobilizado?

Os bens que simbolizam o ativo imobilizado têm um período limitado de vida útil econômica. Por esse motivo é que os bens materiais sofrem depreciação pelo mero desgaste do uso.

Suas taxas de depreciação constam de Instrução Normativa SRF 162/1998 e IN SRF 130/1999.

Veja abaixo as principais taxas de depreciação praticadas:

BemTaxa anual depreciação
Vida útil anos
Imóveis4%25
Instalações10%10
Máquinas e equipamentos10%10
Móveis e utensílios10%10
Veículos20%5
Equipamentos de informática20%5

Como ter um diagnóstico sobre o ativo imobilizado de uma empresa?

Caso uma empresa esteja investindo seus esforços mais em ativo imobilizado - ativo fixo - isso pode significar um ponto negativo, já que estarão transformando em bens, valores que poderiam ser utilizados para quitarem dívidas de curto prazo.

Outro ponto importante a mencionar é que se em vez de deixarem dinheiro em caixa, imobilizarem, isso pode significar uma política equivocada por parte da empresa.

Qual é o valor mínimo para imobilizar um bem?

O custo de aquisição do ativo imobilizado não pode ser deduzido como despesa operacional, a não ser que ele tenha valor de até 1.200 reais ou ainda vida útil não superior a 1 ano.

 

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Ativo Imobilizado
5 (100%) 2 voto[s]
Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão