Última modificação em 7 de outubro de 2020

O que é Assessoria?

Assessoria é o serviço prestado por empresas e por profissionais do ramo das finanças para pessoas físicas ou jurídicas com o objetivo de garantir que esses clientes tomem decisões financeiras mais assertivas.

Muitas vezes, o assessor emprega seu conhecimento e experiência para construir planos financeiros personalizados que visam atingir as metas financeiras dos clientes.

Uma assessoria, portanto, pode ajudar micro e pequenas empresas a reduzir custos e se tornar mais lucrativas, auxiliando empresários que desejam pagar todas as suas dívidas (se estiverem em um momento difícil do negócio) e também expandir para faturar mas.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Em quais áreas o assessor financeiro pode atuar?

A assessoria financeira tem o objetivo de educar pessoas físicas e jurídicas sobre as suas finanças e a manter o controle das contas a pagar e a receber, equilibrando seus gastos.

Assim, o assessor pode prestar serviços auxiliando-a na gestão de risco, na estruturação do fluxo de caixa (ou do orçamento doméstico, no caso de indivíduos) e no balanço mensal de pagamentos. Esse profissional também pode ajudar aqueles interessados em recuperar as suas finanças, que se sentem incapacitados de realizar tal feito sozinhos.

Além disso, a assessoria pode ajudar o cliente a criar uma carteira de investimentos que mais se adeque ao seu perfil e traga a rentabilidade esperada. Pode ainda auxiliar na construção de um patrimônio por meio da compra de bens e imóveis ao criar um planejamento financeiro bem estruturado. 

Quais são as funções de uma assessoria financeira?

Um assessor financeiro é um parceiro que garantirá que o cliente monte um planejamento financeiro que o permita viver com tranquilidade (pelo menos do ponto de vista financeiro) nos próximos anos e se preparar para o futuro.

A primeira etapa do processo de assessoria financeira é compreender a saúde financeira do cliente. Ao ouvir as suas respostas e dúvidas o assessor entenderá a sua situação atual e se certificará de não negligenciar nenhuma informação importante.

Por exemplo, suponha que um cliente queira pagar a universidade do filho ou se aposentar em 20 anos. Com base no patrimônio líquido atual e projetado, o plano criará simulações de cenários de aposentadoria potencialmente melhores ou piores. Nesse caso, medidas podem ser tomadas para evitar um resultado frustrante, como ter que reduzir demais o estilo de vida ou não atingir o valor suficiente para a graduação. 

Com o assessor será possível analisar diversos panoramas que garantirão que esse desejos se tornem realidade, como a quantidade de dinheiro que será preciso economizar, quais seguros deverá adquirir, quais investimentos fazer e como montar um planejamento imobiliário e/ou tributário adequado.

Por que contratar uma assessoria financeira?

O assessor financeiro é um educador. Parte da sua tarefa é ajudar o contratante a compreender o que está em jogo caso deixe de cumprir as suas metas. O processo educacional pode incluir ainda ajuda adicional para mudar o que for preciso no ajuste de sua realidade a grandes mudanças na vida pessoal - como o nascimento de um filho, por exemplo

No início os tópicos podem incluir orçamento e economia. Conforme o tempo passa e o cliente se torna mais seguro e experiente o assessor o ajudará a compreender questões mais complexas do ponto de vista financeiro - o que inclui uma visão mais aprofundada dos investimentos e do sistema tributário.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Crédito Consignado

O que é Crédito Consignado? O crédito consignado é um dos meios mais simples para se obter crédito. É um tipo de crédito concedido pelos bancos…

Veja outros termos