Open Nav Logo Mais Retorno

ADTV

O que é ADTV (Average Daily Trading Volume)?

O ADTV, ou Average Daily Trading Volume (em português, Volume Médio de Negociações Diárias), é uma métrica utilizada para identificar qual é o volume de negociações que um certo ativo gera por dia, em média, no mercado. Em outras palavras, representa a média de negócios – venda e compra – por dia, durante um certo período.

Para os investidores, essa métrica pode ser um critério relevante na hora de tomar decisões. Tanto o ADTV alto quanto baixo podem ser positivos, dependendo da estratégia de investimento adotada.

Por um lado, um ativo com ADTV alto é, em princípio, mais fácil de comprar e vender, o que pode ser interessante para investidores que priorizam liquidez. Por outro lado, um ativo com ADTV baixo pode apresentar maior volatilidade de preços, refletindo a desigualdade entre oferta e demanda (se você quer vender e ninguém quer comprar, o preço cai; se você quer comprar e ninguém quer vender, o preço sobe).

Interpretando o ADTV

Uma das maneiras mais simples de interpretar o ADTV é comparando dois ativos. Dessa forma, é possível identificar qual deles está recebendo mais interesse do mercado (um ADTV mais alto é sinal de mais interesse), qual deles possui liquidez mais alta, qual está mais sujeito a volatilidade de preços.

Outra forma de utilizar o ADTV é como indicador do nível de segurança da posição do investidor em um certo ativo.

Pode-se considerar seguro manter uma posição até 5% inferior ao volume negociado no dia; isso significa que não será difícil vender o ativo a qualquer momento.

Por outro lado, uma posição 5% ou mais acima do volume negociado no dia é arriscada, pois será difícil vendê-la completamente, caso seja necessário.


Limitações no ADTV

Enquanto o ADTV é uma métrica interessante e relevante, ele tem todas as limitações de um cálculo médio.

Em outras palavras, ele não reflete a realidade do volume de negociações de um ativo em qualquer dia específico. E, quanto maior a flutuação de volume de negociações que um ativo sofre ao longo do tempo, menos confiável é o seu ADTV, porque a média não consegue representar essa flutuação.

Infelizmente, não é muito prático acompanhar o volume real de negociações diárias de todos os ativos. Porém, é recomendável fazer isso ao menos com aqueles que são essenciais para sua estratégia de investimento.

Outro ponto que deve ser lembrado é que o ADTV não é permanente; ele é calculado com base em períodos. Dessa forma, o ADTV de uma ação no mês de Janeiro de 2018 pode ser totalmente diferente do ADTV dessa mesma ação em Fevereiro de 2018. 

É por isso que o investidor não deve simplesmente utilizar o ADTV em um momento aleatório, mas acompanhar sua variação ao longo do tempo, observando se existe uma tendência crescente ou decrescente no volume médio de negociações diárias do ativo.

Finalmente, o investidor também não pode esquecer que o ADTV é um número duro. Ele pode dar sinais do que está acontecendo, mas não explica o porquê.

Por exemplo, se o ADTV de uma ação está baixo, você sabe que estão ocorrendo poucas negociações; entretanto, essa informação não permite afirmar se o motivo é baixa procura ou baixa oferta, nem a raiz do desinteresse em comprar ou vender.

Então, o ADTV é um indicador relevante, mas deve apenas servir como ponto de partida para que o investidor ou profissional do mercado financeiro busque mais informações e entenda a situação de uma maneira mais abrangente.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados