Open Nav

Aceleradora

O que é uma aceleradora?

Você já deve ter se perguntado "como é possível conquistar sucesso em meio a tantos negócios já existentes?". Pois bem, uma aceleradora, como o próprio nome sugere, é um tipo de empresa responsável por impulsionar e promover startups no mercado. 

De forma básica, uma startup representa um modelo de negócio inovador! Aliás, esse é um dos critérios mínimos para que uma empresa seja considerada como tal. Além das estratégias de gerenciamento, a inovação que essa empresa recém-criada oferece também pode estar vinculada ao tipo de produto ou serviço fornecido, como materiais ou técnicas utilizadas no processo de criação. 

Se engana quem pensa que startups se tratam exclusivamente de empresas digitais, ou seja, que atuam no campo virtual com a criação de aplicativos ou softwares, por exemplo.

Tendo esclarecido esse conceito, poderemos compreender melhor qual o papel de uma aceleradora e como, exatamente, ela pode impulsionar ou promover essa classificação de novos negócios.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Como funciona uma Aceleradora?

Uma empresa aceleradora pode atuar no mercado exclusivamente com esse objetivo, ou ainda, pode ser uma empresa de qualquer segmento, mas que possua programas de aceleração consolidados em sua rede.

Uma vez que a startup já tenha validado seu produto inovador ou modelo de negócio, ela poderá contar com o auxílio de uma aceleradora para ganhar mais espaço e autonomia no mercado.

Aceleradoras são, em sua maioria, instituições privadas que possuem grande capital para investimento. O principal objetivo é fazer com que as startups consigam pagar suas contas a partir da própria receita - famoso break-even.

O período de aceleração pode variar de 3 meses a 1 ano, sendo comum que as aceleradoras cobrem um certo "preço" pelo investimento, em forma de 5% a 10% da startup.

Mas não pense que essa sociedade é algo ruim, afinal, a aceleradora só vai lucrar se a empresa nascente também estiver lucrando. Sendo assim, os investimentos por parte da aceleradora certamente serão potencializados dentre do período acordado. 

Todo mundo sai ganhando!

Como conquistar o apoio de uma Aceleradora?

Tudo muito bem, tudo muito bom. Entretanto, não é qualquer startup que está sujeita a ser acelerada. Para que isso aconteça, é necessário ser aprovada num processo seletivo. 

Normalmente, este processo é composto por uma apresentação resumida sobre o novo negócio, dentre outras exigências.

A startup que for aceita pelo programa de aceleração contará não só com o investimento da empresa, mas também com um suporte completo em infraestrutura - salas de reunião, escritórios, apoio jurídico, contábil, mentores, entre outros.

Qual a diferença entre Incubadora e Aceleradora?

É comum que ambos os termos sejam confundidos, ou até mesmo descritos de maneira errada. Mas sim, existe uma diferença sutil entre esses programas. 

As empresas incubadoras possuem ou consolidam novas empresas, com produtos ou idéias testadas ainda em desenvolvimento e acompanhando-as desde as fases iniciais. 

Normalmente, incubadoras podem ser instituições públicas ou privadas, que prestam apoio as startups por um período maior em comparação as aceleradoras: 6 meses a mais de 1 ano.

Ou seja, você pode notar que as empresas atuam com objetivos subsequentes - impulsionar a criação e, posteriormente, o crescimento de startups (o papel, então, das aceleradoras).

Quase como "passo 1" e "passo 2", sabe? Essa é a chave perfeita para que um novo negócio possa existir e conquistar espaço no mercado.

Como Investir nos Melhores Fundos

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados