Os fundos de investimentos são assuntos recorrentes aqui no Mais Retorno, ainda mais no atual ambiente de baixas taxas de juros em que a diversificação é muito importante.

Mas você já parou pra pensar onde o gestor está aplicando seu dinheiro de fato quando decide investir em algum fundo?

E se meu dinheiro estiver parado na conta corrente e o gestor estiver curtindo a vida na praia?

Ou pior, já imaginou se o gestor estiver usando o dinheiro dos cotistas de uma forma completamente diferente do que deveria de acordo com a proposta do fundo?

Calma, pode ficar tranquilo quanto a isso!

Primeiro porque o regulamento do fundo é muito claro sobre onde ele pode investir ou não, conforme já explicamos em um texto específico sobre as categorias e tipos de fundos de investimentos.

Segundo e mais importante nesse texto: porque existe uma forma de espionarmos os fundos e saber exatamente como está composta a carteira deles! Afinal é muito importante entender onde meu fundo investe.

É sobre isso que vamos no texto de hoje.

Por isso, continue lendo para saber mais sobre:

Onde encontrar os parâmetros do fundo

Parâmetros do fundo

Mais à frente, você verá que algumas informações são necessárias para pesquisar a carteira de seu fundo. Por isso separei esse tópico para te dar algumas dicas de como obter essa informação.

Um fundo de investimento funciona como uma empresa e, portanto, possui um CNPJ único que o diferencia de todo e qualquer outro fundo de investimento existente no mercado.

Como existe um mar de fundos que muitas vezes têm nomes bem parecidos, conhecer o CNPJ do fundo que você investe é uma boa saída.

Apesar de você encontrar o CNPJ nas cartas que você recebe do próprio fundo ou na carteira disponível em sua corretora, muitas vezes não achamos ou perdemos essas informações.

Um modo prático de saber o CNPJ de um fundo é através da ferramenta de fundos exclusiva do Mais Retorno.  Lá, apenas começando a digitar o nome do fundo, já fornecemos as opções com aquele nome, basta selecionar o seu.

No exemplo abaixo, procurei pelo Versa e encontrei diversas variações dele.

 

Onde meu fundo investe

Após a seleção, a página que abre contém as principais informações do fundo: Razão Social, CNPJ, gestora, administradora, classe do fundo, data da fundação, patrimônio do fundo e número de cotistas.

Além disso, lá você pode encontrar diversas outras informações importantes como a rentabilidade mensal (inclusive comparando-a com algum indicador de referência), evolução da volatilidade e do patrimônio e muito mais.

Agora de posse do CNPJ do fundo, vamos ver como encontrar a sua carteira.

Local para pesquisar a carteira: CVM

Pesquisar a carteira

A CVM, Comissão de Valores Mobiliários, é o órgão fiscalizador do ministério da Fazenda responsável por acompanhar se o mercado de capitais está funcionando de acordo com as normas estabelecidas.

Por ter essa atribuição, a CVM consegue ter acesso aos dados de carteira dos fundos de investimento, podendo verificar se a conduta está sendo feita de acordo com as boas práticas.

E aqui fica o pulo do gato: de forma bastante transparente, a CVM disponibiliza essa informação para o público em seu site!

A seguir preparei um passo-a-passo sobre como encontrar essa informação:

  1. O primeiro passo é acessar a ferramenta de consulta de fundos da CVM.Onde meu fundo investe
  2. Na página que se abrir, você verá dois botões: Fundos de Investimento Registrados e Fundos de Investimento Cancelados. Como estamos interessados em saber os fundos que estamos investindo, basta selecionar o ícone com Fundos de Investimento Registrados.
  3. Em seguida uma nova janela será aberta pedindo o CNPJ ou parte do nome do fundo. A pesquisa pelo nome no site da CVM não é muito apurada, por isso, o ideal seria pegar o CNPJ do fundo em nossa ferramenta de busca fundos, conforme ensinei no tópico anterior. Ao inserir o CNPJ e digitar os números solicitados no captcha(aqueles para se verificar se é ou não um robô), uma nova página será aberta com os dados do fundo.                                        Onde meu fundo investe

Você encontrará as seguintes informações, disponibilizadas pela CVM:

  • Balancete
  • Composição da Carteira
  • Dados diários (Vl. Quota, Patrim. Liq., Num. Cotistas, Captação e Resgate)
  • Prospecto
  • Regulamento
  • Lâmina do Fundo
  • Demonstrações contábeis com parecer do auditor
  • Perfil Mensal
  • Formulário de Informações Complementares

No exemplo do quadro abaixo, consultei o Versa Long Biased pelo CNPJ que encontrei na nossa ferramenta Busca Fundos:Onde meu fundo investe

Todas as informações são bastante relevantes mas como estamos interessados aqui em onde o seu fundo investe, você irá selecionar o que coloquei em negrito: Composição da Carteira.

Ao clicar neste item, a nova página aberta irá fornecer as informações que desejamos.

Primeiro é dado um gráfico de “pizza” com o perfil dos ativos em que o fundo realiza suas aplicações (em R$).onde meu fundo investe

Em seguida, você consegue ver a discriminação de cada investimento de forma mais detalhada.

É possível verificar o ativo (ação, cotas de fundos, títulos, opções, etc.), se está disponível para negociação, como o ativo foi negociado naquele mês (quantidade de compra ou venda e valor) e, por fim, a posição que o fundo detém naquele ativo específico (em valores de mercado) e a participação daquele ativo na carteira.Onde meu fundo investe

Pronto! Dessa forma já é possível obter a informação de como o fundo está realizando seus investimentos.

Como gostamos de deixar tudo bem claro e prático por aqui, vamos ver melhor isso no próximo tópico.

Entendendo onde meu fundo investe

Entendendo onde meu fundo investe

Para ficar mais “palpável”, vamos estudar três fundos aqui.

O primeiro será o próprio Versa Long Biased, o qual você está vendo em todos os “prints” que estou tirando.

Uma coisa que podemos notar ao olhar a participação dos ativos na carteira total de um fundo é se ele está ou não alavancado. Para isso basta verificar se a soma dos ativos dará mais do que 100%.

Curiosamente esse é exatamente o caso do Versa, que está alavancado em ações. Ao somar a participação de todos os investimentos em ações do Versa, chegamos a um valor de 215%.

Ou seja ele está alavancado no dobro de seu patrimônio.

Isso pode ser ao mesmo tempo um bom indicativo de que o fundo consegue investir além de sua capacidade e gerar um retorno bem agressivo (como é o caso do Versa, que conseguiu entregar um retorno elevado nos últimos 12 meses). Por outro lado também inspira cautela, pois caso ocorra alguma reviravolta o prejuízo também é acelerado.

O segundo fundo que vamos usar no nosso exemplo prático é o M Square Global Equity Managers Institucional FIC. Bem, como ele é um FIC (Fundo de Investimento em Cotas), naturalmente esperamos que ele invista em cotas de outros fundos.

A pesquisa na CVM nos permite verificar isso e identificar quais são os fundos que ele tem em sua carteira.

E de fato o fundo investe a quase totalidade de seus recursos em cotas do fundo M SQUARE GLOBAL EQUITY MANAGERS MASTER FI MULTIMERCADO – INVESTIMENTO NO EXTERIOR.Onde meu fundo investe

Um último exemplo que gostaria de citar aqui, é o ADAM MACRO STRATEGY MASTER FIM.

Em primeiro lugar, é interessante notar que você não consegue as informações logo de cara ao abrir o fundo, uma vez que ele solicita sigilo temporário para a CVM, conforme as imagens abaixo:onde meu fundo investe

No entanto, se voltarmos 3 meses e selecionarmos o mês de fevereiro/2018, esse sigilo é perdido e conseguimos ver onde o fundo aplicava o dinheiro naquele momento.

Dessa forma conseguimos ver inclusive quais ações o fundo tinha comprado, apostando em uma alta de seus preços.

Vale ainda notar que os valores negativos em índice futuro brasileiro (Ibov) e americano (S&P500), indicam que o Adam Macro Strategy estava “vendido” nesses ativos, apostando em sua queda naquele momento.Onde meu fundo investe

Conclusão

Investir em fundos de investimento é uma opção a ser seriamente analisada no cenário atual.

Por isso, observar como o seu dinheiro está sendo aplicado é algo totalmente do interesse do investidor e o mercado financeiro brasileiro permite fazer esse acompanhamento.

Por sorte a CVM nos traz essa informação com bastante transparência e simplicidade, nos ajudando a acompanhar ainda mais de perto o trabalho dos gestores de fundos que investimos.

E agora você já sabe como obter essa informação e pode, inclusive, questionar o gestor do fundo sobre como ele está aplicando os recursos. Afinal, você é o cliente e a razão de existir de qualquer fundo de investimento.

Se ficou com alguma dúvida ou quiser contribuir mais com o assunto, comente abaixo!

Compartilhe esse conteúdo com mais investidores que você deseja ajudar a conquistar Mais Retorno sabendo onde seu fundo de investimento realiza suas aplicações.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais:

Como saber onde meu fundo investe de forma simples e objetiva
4.9 (97.5%) 16 votos