Logo Mais Retorno

Agregadores:

podcast

POCKET #87 - Como os FUNDOS IMOBILIÁRIOS são impactados pelos juros altos

No RetornoCast de hoje, Luis Felipe e Vitor Matias trouxeram alguns aspectos do cenário econômico global e também alguns pontos para serem observados nos seus investimentos.

Autor:
Data de publicação:16/11/2022 às 17:48 -
Atualizado 12 dias atrás
Compartilhe:

No RetornoCast de hoje, Luis Felipe e Vitor Matias trouxeram alguns aspectos do cenário econômico global  e também alguns pontos para serem observados nos seus investimentos.

A indústria de Fundos Imobiliários tem bastante correlação com a Taxa de Juros da Economia. Quanto maiores os juros, menores são as expectativas do mercado quanto à valorização dos fundos imobiliários, mas não necessariamente os juros subindo impedem o fundo de ter uma receita maior com seus aluguéis.

Normalmente, os investidores quando vão escolher um FII para investimento, observam apenas o valor da cota e a quantia paga em dividendo, sendo que existem aspectos fundamentais a serem observados para a escolha de qual FII realizar o investimento.

O FII é muito procurando pelos investidores como uma forma de renda passiva, mas é de fundamental importância o investidor ter a ciência que é um investimento de renda variável. Por isso é muito importante que seja realizada uma boa diversificação no seu portfólio e o estudo para a escolha dos melhores FII’s de acordo com o seu perfil de investimento.

Aperte o play e acompanhe com a gente até o final.

E se você estiver escutando ou assistindo o episódio pelo Spotify, deixe sua avaliação no nosso canal.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter

,