Vale a pena investir em BDR? Conheça suas VANTAGENS e DESVANTAGENS

Vale a pena investir em BDR? Conheça suas VANTAGENS e DESVANTAGENS

A partir do dia 22 de outubro, foi liberado para todo investidor brasileiro o investimento em BDRs, algo que era bastante aguardado no mercado.

Mas você já ouviu falar nos BDR's? Ou tem interesse em investir e não sabe se vale a pena?

Acompanhe este vídeo completo para conferir!

BDRs - Brazilian Depositary Receipts

Afinal, o que são as tão faladas BDRs?

São certificados que representam ações emitidas por empresas em outros países, mas que são negociados aqui, no pregão da B3.

Quem adquire um BDR, não compra diretamente as ações da empresa no exterior. Em vez disso, investe em títulos representativos desses papéis. Essas ações existem de fato lá fora, e precisam ficar depositadas e bloqueadas em uma instituição financeira que atua como custodiante – ou seja, que faz a guarda delas.

Os BDR´s negociados na B3 tiveram 31.522 negócios no dia 22 de outubro de 2020, que é o maior registro desse tipo de ativos desde a sua criação. A média diária de negócios em 2020 dos BDRs é de 1.060 negócios por dia.

E entre as maiores empresas negociadas estão:

- Apple - AAPL34
- Amazon - AMZO34
- Mercado Livre - MELI34
- Microsoft - MSFT34
- Tesla - TSLA34

Afinal de contas, vale a pena investir em BDR?

Se você não sabe, existem ETFs no mercado brasileiro que replicam índices americanos, como a IVVB11.

Vou explicar 3 vantagens e 3 desvantagens de uma BDR:

Vantagens:

Praticidade: as BDRs permitem que você invista em ações fora do Brasil sem precisar abrir conta em uma corretora estrangeira. Essa inclusive era uma das maiores dificuldades e burocracias para o investidor em geral aplicar em ações no exterior, com as BDRs esse processo se torna muito mais simples e prático;

Diversificação: As BDRs abrem oportunidades de investimentos no mercado global, se antes você não conseuia ser sócio da Amazon, Apple ou do Mac Donalds agora você pode ser sócio dessas empresas de forma muito facilitada. O interessante é que o mercado internacional reage diferente do mercado nacional tornando esse tipo de investimentos uma opção bem interessante na diversificação de seu portfólio de investimento;

Tributação: Investindo em BDRs você não possui um processo tributário diferente do que já existe no mercado de ações, existem duas questões importantes nesse tema: 1) a tributação nas vendas abaixo de 20 mil reais que existe para as BDRs mas são isentas para as ações; 2) os dividendos chegam líquidos no seu bolso mas podem ter sido deduzidos impostos no exterior antes de chegar até você.

Desvantagens:

Poucas opções de BDRs: o número total de BDRs listadas estão em torno de 550, sendo que na maioria são BDRs não patrociadas. Aqui eu quero abrir um parêntes para explicar o que é uma BDR patrociada e não patrocidada.

Spread na operação: Isso mesmo, a maioria dos agentes que originam esse recibo cobram um spread de 5% que é como se fosse uma “comissão” dos dividendos pagos pela empresa.

Baixa liquidez: O volume de negociação das BDRs não são muito altos e por isso pode ser um problemão na velocidade de uma conversão de sua BDR em dinheiro quando você quiser vender.

Gostou do tema? Quer saber mais? Temo um texto exclusivo sobre este tema também, acesse aqui

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *