Última modificação em 5 de janeiro de 2021

O que é trava de alta?

A trava de alta é uma estratégia usada comumente na análise de um ativo — seja ele primário ou subjacente. Dessa forma, quando ele se valoriza, o investidor executará uma compra chamada de call at-the-money, ou seja, a compra de uma opção abaixo do preço da cotação do ativo primário.

Essa operação pode ser feita tanto com opções de compra — as calls — quanto com opções de vendas, as chamadas puts. Normalmente, as opções adotadas são as do tipo americanas e leva-se em consideração o fator de liquidez que é empregado no Brasil. Cada uma delas está, então, ligada às possibilidades que o investidor tem de obter bons resultados a um risco limitado.

O que é e como funciona uma trava de alta com calls?

Uma trava de alta com calls, também chamada de Bull Call Spread, é uma operação configurada pela combinação da compra de uma call de um determinado strike com a venda simultânea de uma call com strike superior. Ambas, porém, precisam ser do mesmo ativo objeto e com o mesmo vencimento.

Nessa estratégia, em particular, o investidor precisa esperar uma alta do mercado para, a partir daí, tirar proveito do aumento do preço do ativo em questão. Como o prêmio das opções de compra diminui — na medida em que o strike aumenta —, essa é uma operação onde precisa haver um desembolso de dinheiro para que a sua montagem seja feita.

O risco desse tipo de operação é se o mercado não sofrer nenhuma alta, ou então, se não lateralizar — no mínimo. Nesse caso, todas as opções se desvalorizam, mas a perda máxima nessa estratégia é limitada e relativamente igual ao custo de montagem da sua estrutura.

Como montar uma trava de alta?

Para montar uma trava de alta, primeiro é preciso fazer uma operação chamada call at-the-money e, depois, uma call out-the-money. Em outras palavras, o investidor pagará pelo prêmio e, em um segundo momento, com um strike mais elevado, receberá por ele. Sendo assim, nessa operação, o preço pago inicialmente não será maior que o recebido no final da liquidação.

É possível montar uma trava de alta com strikes próximos ao preço do ativo na data da operação ou um pouco mais afastados dele. É preciso prestar atenção porque, quanto mais fora do dinheiro a trava for montada, menos custosa ela será — com menos chances de sucesso, porém.

Em contrapartida, uma trava que é montada com strikes mais próximos ao preço à vista do ativo objeto terá uma probabilidade maior de ser exercida. No entanto, apresentará um custo de montagem um pouco mais elevado.

Como sair de uma operação de trava de alta?

Para sair de uma operação desse tipo, é apenas necessário fazer a operação inversa, ou seja, abrir uma ordem de compra. No Home Broker, basta clicar no botão comprar e definir os itens como preço, quantidade e validade da ordem. O passo seguinte é clicar em enviar e acompanhar a ordem. Essa operação também pode ser chamada de recompra da ponta vendida.

O segundo passo é abrir uma ordem de venda. O procedimento é parecido com o anterior: clicar no botão “vender”, definir a quantidade, a validade e o preço. Em seguida, é só clicar em enviar e acompanhar a ordem. Essa operação também tem um nome específico e é chamada de venda da ponta comprada.

No momento em que a segunda ordem for executada, todas as opções deixarão de constar na carteira do investidor e o valor da venda, exceto os custos da operação, será transferido para a conta após o prazo de liquidação da operação em questão.

Termo do dia

Antidumping

O que é Antidumping? Antidumping é o conjunto de regulações e práticas que visam afastar (e combater) a prática de dumping. Juntamente com medidas compensatórias e salvaguardas,…