O que é a Teoria de Dow?

A Teoria de Dow foi desenvolvida por Charles Dow. Ela identifica e sinaliza a mudança nas tendências do mercado de ações. É útil para negociar e investir.

A ideia básica da teoria é que o preço de mercado da ação reflete todas as informações disponíveis e o movimento do preço de mercado é composto por três tendências principais:

O principal movimento do mercado é chamado como a tendência primária.

O movimento médio é chamado de tendência secundária. Os menores movimentos são chamados de tendência terciária. A tendência primária pode durar de muitos meses a muitos anos. A tendência secundária varia de dez dias a três meses. A tendência terciária varia de algumas horas a um mês.

Além disso, a teoria conta com seis componentes:

  1. Os mercados têm três movimentos básicos;

  2. As tendências do mercado têm três fases;

  3. Os preços das ações refletem todas as novidades;

  4. Os índices do mercado financeiro devem concordar uns com os outros;

  5. As tendências do mercado devem ser confirmadas por volume;

  6. As tendências do mercado se invertem depois de dar sinais fortes.


O que diz cada componente da Teoria de Dow?

1- Os mercados têm três movimentos básicos

Charles Dow prestou atenção principalmente às tendências primárias (principais) nas quais distinguiu três fases:

2- As tendências de mercado têm três fases

De acordo com a Teoria de Dow, uma tendência de alta é o aumento constante de altos e baixos. E uma tendência de baixa está sempre baixando picos e vales.

Dow acreditava que as leis de ação e reação se aplicam aos mercados da mesma forma que o fazem ao universo físico, o que simboliza que cada movimento significativo é seguido por um certo recuo.

A Teoria de Dow considera que uma tendência tem três partes:

3- Os preços das ações refletem todas as novidades

Todos os fatores que podem afetar a demanda e a oferta são refletidos no preço de mercado.

4- Os índices do mercado financeiro devem concordar uns com os outros

A Teoria de Dow costuma dizer que, a menos que as médias de setores semelhantes excedam um pico anterior, não há confirmação de início ou continuação de um mercado crescente.

5- As tendências do mercado devem ser confirmadas por volume

O volume aumenta ou diminui conforme o preço está se movendo na direção de uma tendência ou em sentido inverso. A Teoria de Dow considera o volume um indicador secundário. Seus sinais de compra ou venda são baseados nos preços de fechamento.

6- As tendências do mercado se invertem depois de dar sinais fortes

A abordagem técnica geral na análise de mercado é baseada na ideia de que as tendências continuam em movimento até que haja uma força externa fazendo com que ela mude sua direção - assim como qualquer outro objeto físico. E, claro, existem sinais de reversão a serem procurados.

Por que a Teoria de Dow é importante?

Um dos componentes da Teoria da Dow é que os preços das ações refletem todas as novidades. O mercado de ações reage às notícias fundamentais. Assim que a informação estiver disponível no mercado, a informação é refletida nos preços das ações.

A Teoria da Dow assume que quando um mercado está entrando em uma tendência de alta ou tendência de baixa, os mercados financeiros devem concordar uns com os outros. A média dos índices deve se confirmar na mesma direção. Isso significa que, quando a economia estiver melhorando, o lucro do segmento aumentará devido ao aumento do consumo.

Entender essa teoria permite que você faça análises mais fundamentadas e tome decisões melhores na hora de lidar com o mercado de ações.

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Disclaimer

O que é o disclaimer? Disclaimer, ressalva, aviso legal ou termo de responsabilidade são quatro termos comumente usados sob o ponto de vista jurídica para designar…