Última modificação em 24 de setembro de 2020

O que é Taxa Mínima de Atratividade?

A Taxa Mínima de Atratividade (TMA) pode ser definida como o lucro mínimo que um investidor espera obter de um investimento, levando em consideração os riscos e os custos envolvidos na operação. Também corresponde ao valor máximo que alguém está disposto a pagar por um financiamento.

Imagine, por exemplo, que um investidor opte por um investimento de alto risco e verifique que obteve um retorno menor do que a poupança, um investimento considerado o mais baixo dentro das opções populares. Neste caso, teria sido melhor optar por outra aplicação e garantir um retorno mais significativo.

A Taxa Mínima de Atratividade permite escolher o investimento que melhor atenda as expectativas do investidor e é um passo importante ao montar uma carteira de investimentos


Por que entender a TMA?

De fato, é preciso fazer uma análise minuciosa da viabilidade de um investimento para evitar prejuízos financeiros e garantir os maiores rendimentos possíveis. 

A taxa mínima de atratividade funciona como uma calculadora que permite que os investidores foquem unicamente nos aspectos financeiros de um investimento, mantendo sua atenção na taxa de retorno e nos riscos envolvidos na operação. 

Também pode ser utilizada para escolher a melhor opção de investimento tanto em termos financeiros como estratégicos. Para fazer essa análise é preciso considerar as principais taxas de juros praticadas pelo mercado, como a SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), é a taxa básica de juros do país, e a TLP (Taxa de Longo Prazo).

Isso significa que a TMA permite que o investidor responda às seguintes perguntas antes de decidir onde aplicar seu dinheiro: quanto terei de retorno ao final de x anos? Qual investimento é o mais rentável?

Quais as desvantagens da TMA?

Suponha que um investidor verifique que determinado investimento apresenta uma taxa mínima de atratividade bastante elevada. Caso esteja interessado apenas no retorno de curto prazo, provavelmente essa opção será desconsiderada. 

Esse é um dos pontos negativos da TMA: muitos investimentos rentáveis podem acabar sendo desconsiderados, como os que apresentam retorno incerto em um curto período. 

Vale destacar que a Taxa Mínima de Juros é subjetiva, uma vez que seu valor é apenas uma estimativa. 

Quais fatores devem ser considerados ao analisar a TMA?

Ainda não é possível usar uma fórmula ou algoritmo para calcular a Taxa Mínima de Atratividade. No entanto, os investidores podem considerar alguns fatores econômicos ao analisar esse índice:

Custo de Oportunidade 

Representa os benefícios potenciais que um investidor perde ao escolher uma alternativa em vez de outra. É um conceito econômico importante - compreender as oportunidade perdidas permite uma melhor tomada de decisão.

A Taxa Mínima de Atratividade se relaciona com esse índice por meio do custo de oportunidade de investimento. Por exemplo, suponha que um investidor precise escolher entre três investimentos.

A TMA será determinada pelo retorno de cada um desses investimentos.

Assim, o custo de oportunidade é definido ao analisar qual seria a lucratividade do investidor caso optasse por aplicar o dinheiro na alternativa menos rentável entre as disponíveis. 

Risco do Negócio

Ao analisar um investimento também é preciso observar se os ganhos financeiros remunerarão os riscos. Aqui é preciso observar que os riscos costumam estar diretamente ligados ao retorno e, consequentemente, a uma alta TMA. 

Liquidez 

A liquidez considera se o investimento será facilmente convertido em dinheiro. O grau de agilidade de conversão de um investimento, sem que haja perda significativa, mede sua liquidez. 

É importante destacar que a TMA corresponde a taxa de menor valor que um investidor dispõe ao avaliar um investimento. Caso o dinheiro aplicado em determinado investimento lucre X%, ao optar por um novo investimento, o ideal é lucrar mais do que o X% atual. Aqui, a TMA corresponde ao X%.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Ágio

O que é o ágio? Ágio é um termo utilizado no mercado financeiro para designar a diferença entre o valor de mercado de um produto e…

Veja outros termos