Última modificação em 19 de agosto de 2020

O que é Seed Money?

Seed money (em Português, Capital Semente) é um tipo de financiamento destinado a projetos iniciantes e startups que ainda estão na fase de planejamento. É um dos primeiros investimentos que uma empresa recebe, já que, em geral, é feito antes do negócio tomar forma e se estabelecer no mercado. 

O nome “semente” indica, portanto, que para crescer uma empresa precisa ser cuidadosamente cultivada desde o seu estágio inicial. Nessa caso, o dinheiro investido ajudará a empresa a se desenvolver. 

Muitos investidores privados investem em uma startup em troca de participação acionária ou de uma porcentagem nas vendas de um produto ou serviço. Geralmente, esse capital inicial é levantado junto a fontes próximas dos fundadores (família, amigos, colegas de faculdade, ex-colegas de trabalho etc.).


Compreendendo o seed money

Bancos e investidores, em geral, podem relutar em financiar empresas que estão começando. Isso leva muitos empreendedores a recorrerem a pessoas próximas para garantir um aporte financeiro na sua startup.

Esse financiamento é chamado de speed money. 

Claro, o investimento não precisa ser alto. Na verdade, por vir de fontes próximas ao empreendedor, essa quantia costuma ser relativamente modesta e, em geral, cobre apenas as necessidades essenciais do negócio  - como o desenvolvimento do plano de negócios, as despesas operacionais iniciais (como aluguel e compra de equipamentos) e os custos de pesquisa e desenvolvimento. 

O principal objetivo da empresa, nesse momento, é atrair o interesse dos grandes investidores. Isso significa atrair a atenção de empresas privadas ou bancos que não estão inclinados a investir grandes somas de dinheiro em uma startup que existe apenas no papel e que não tenha sido fundada por um empreendedor de sucesso. 

Veja este exemplo: a Alphabet, empresa que comanda o Google, forneceu capital semente para o Center for Resource Solutions - uma startup de energia renovável.

O objetivo da empresa sediada em São Francisco é garantir o seu acesso a fontes de energia barata e limpa, o que permitirá alimentar todos os seus data centers e centros de operações a um custo reduzido. Tal negócio chamou a atenção da Alphabet, que investiu capital semente na companhia quando ela ainda estava em suas fases iniciais.

Para entender, perceba que uma startup passa por quatro fases de investimento antes de se estabelecer no mercado — capital semente, capital de risco, financiamento intermediário e oferta pública privada.

Como mencionado acima, o seed money só é suficiente para que a empresa atinja seus objetivos iniciais. Ao obter sucesso nessa etapa, será possível atrair o interesse de investidores cujo aporte financeiro permitirá que a empresa passe à fase seguinte. 

Seed money x investidor anjo

Já anjos são investidores que destinam altas quantias de dinheiro em uma startup em troca de participação acionária. Em geral, possuem alto patrimônio líquido e se profissionalizam nesse tipo de investimento. No entanto, isso não impede que o investidor faça parte da rede pessoal do fundador da empresa. 

Um investidor anjo desempenha um papel prático no negócio, ainda mais do que qualquer tipo de investidor, poque ajudar uma empresa a se desenvolver do zero com seu dinheiro e expertise.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Clube de Investimentos

Confira para que serve e como funciona um clube de investimentos.

Veja outros termos