Última modificação em 24 de setembro de 2020

O que é saúde financeira?

Saúde financeira, de um modo bem simples, é ter um equilíbrio entre as despesas e as receitas na vida pessoal de forma que não haja preocupações com falta de dinheiro para lidar com problemas emergenciais — que podem surgir a qualquer momento.

Ter uma vida financeira saudável não está relacionado a somente ter dinheiro ou bens, mas sim em buscar estudar o real significado de educação relacionada a finanças em uma esfera mais comportamental. Isso se relaciona diretamente com hábitos e costumes — o que vai muito além de planilhas, gráficos e cálculos.

Estar saudável financeiramente permite que qualquer pessoa tenha uma vida mais estável. Dessa forma, é possível proporcionar a si mesmo e à família mais momentos de lazer, e ter a ideia de que, ao cuidar bem do dinheiro, ganha-se um aliado ao invés de um inimigo.

Banner Imersão em Fundos de Investimentos Mais Retorno

Quais são os benefícios da saúde financeira?

Entre os principais benefícios proporcionados por uma boa saúde financeira está o fato de que a qualidade do consumo do dinheiro melhora — e muito. A partir do momento em que alguém se compromete a ter organização financeira, o controle sobre os gastos se torna mais descomplicado e o seu gerenciamento facilitado se torna uma ideia de que somente o necessário precisa ser adquirido.

Outro benefício é a garantia de uma vida mais equilibrada. Com uma boa saúde financeira, existem menos chances de haver épocas boas e outras nem tanto. A previsibilidade das contas e a estabilidade deixam a todos mais seguros e tranquilos em relação ao dinheiro. Dessa forma, é possível planejar melhor o futuro com imposição de sonhos e metas a serem alcançadas.

Por que é preciso se preocupar com a saúde financeira?

O simples hábito de fazer um bom controle financeiro pessoal traz, por si só, estabilidade para as finanças. Com a saúde financeira em bom estado, qualquer pessoa será capaz de arcar não somente com os gastos diários, mas com aqueles que envolvem e estão relacionados à satisfação pessoal — como os planos, sonhos, desejos e projetos.

O controle financeiro, quando feito corretamente, é uma boa forma de organizar os gastos do presente e os do futuro de acordo com a quantia mensal recebida — seja ela provida de um emprego formal, de um empreendimento ou de investimentos. Essa é uma forma de evitar que, ao fim do mês, imprevistos ou endividamentos sejam os responsáveis por deixar as contas no vermelho.

O fato é que qualquer pessoa pode ter saúde financeira. Para atingir esse objetivo, porém, é necessário organização e planejamento que sejam condizentes ao valor que entra em conta e às metas. É preciso diminuir ao máximo os gastos desnecessários ou compras por impulso para que, no futuro, não falte dinheiro caso surja uma emergência.

Como atingir a saúde financeira?

Um dos primeiros passos para atingir a saúde financeira é evitar compras a prazo e o pagamento de juros. O melhor, nesses casos, é realizar compras à vista, visto que elas não comprometem o orçamento. Quando alguém adquire um bem em que o valor é superior ao que se possui, em casos de imprevisto a dívida acumulada pode acabar não sendo honrada e, assim, perde-se o controle do orçamento pessoal.

Outra dica para ter uma vida financeira melhor é manter um padrão de vida que seja adequado ao orçamento e aos rendimentos. Na prática, isso significa gastar menos do que se ganha e não acumular dívidas. Evitar as compras no cartão de crédito também é uma boa alternativa — o aconselhável é utilizá-lo somente nos casos de emergência.

Por fim, para ter uma boa saúde financeira, um bom conselho é criar uma reserva de emergência. Ela é nada mais do que uma proteção para casos de desemprego, crises econômicas, doenças e outros imprevistos. O recomendado é guardar, no mínimo, o equivalente a 6 meses do padrão de vida e só recorrer a esse dinheiro em caso de real necessidade.

Termo do dia

Eurasia

Confira como a empresa de consultoria Eurasia relaciona o cenário político aos rumos do mercado financeiro.

Veja outros termos