Última modificação em 22 de junho de 2020

O que são Relatórios Financeiros?

Relatórios Financeiros são documentos que apresentam, de maneira organizada, informação sobre as finanças de uma empresa. Eles revelam o desempenho e a saúde financeira do negócio, e são usados para apoiar a tomada de decisões.

Como Relatórios Financeiros e Relatórios Contábeis se distinguem?

Na prática, relatórios financeiros e relatórios contábeis são termos usados como sinônimos o tempo todo. Mesmo nesse texto, vamos trabalhar com o conceito de relatórios financeiros sem distinção dos relatórios contábeis.

No entanto, se quisermos ser rigorosos, existe sim uma distinção entre eles, e vale a pena saber qual é.

Os relatórios contábeis trazem informações oficiais que são voltadas, principalmente, à prestação de contas externa. Justamente por isso, eles precisam seguir normas bastante rígidas em relação à maneira como a informação é tratada e apresentada.

Enquanto isso, os relatórios financeiros trazem informações que são voltadas, principalmente, ao controle interno. Dessa maneira, não costumam ser tão formais, e cada empresa tem seu próprio jeito de produzir esses documentos.

Quais são os principais tipos de Relatórios Financeiros?

Existem muitos tipos de relatórios financeiros que uma empresa pode elaborar; porém, os mais comuns são a Demonstração de Resultado do Exercício (DRE), o Demonstrativo de Fluxo de Caixa (DFC) e o Balanço Patrimonial

A DRE revela muito sobre o desempenho do negócio durante o período.

É na DRE que vemos informações como o EBITDA, o resultado operacional e o resultado líquido. Ele revela se a empresa está lucrando com suas atividades e permite até identificar quais são os fatores que estão contribuindo para o lucro, ou impedindo que ele aconteça.

Enquanto isso, o DFC traz informações mais diretas sobre a saúde financeira do negócio.

Se o fluxo de caixa tem fragilidades, isso indica que, diante de uma situação na qual as entradas sejam interrompidas, a empresa não terá condições de pagar suas contas para continuar operando. Então ela começa a recorrer a empréstimos, cai em endividamento e pode se complicar cada vez mais.

O Balanço Patrimonial, como o próprio nome diz, apresenta a situação do patrimônio da empresa, com seus ativos e passivos.

É por meio do balanço que podemos avaliar se a empresa tem uma relação adequada entre capital próprio e capital de terceiros, entre créditos e dívidas. Ele fala muito sobre o valor da empresa e sobre seu potencial de longo prazo.

Quem utiliza os Relatórios Financeiros?

Em primeiro lugar, os próprios gestores da empresa. Eles utilizam essas informações para ajustar a estratégia do negócio, buscando atingir um desempenho cada vez melhor e aumentar o nível da saúde financeira do negócio.

Nesse sentido, os relatórios financeiros servem como um exame de sangue para a empresa; eles não dizem ao médico como tratar o paciente, mas dão sinais do que pode estar errado. A partir daí, é o médico, com sua expertise, que decide o melhor caminho – ou, no caso da empresa, os gestores.

Porém, outras pessoas fora da empresa também têm interesse nessas informações.

É o caso dos fornecedores, que querem saber se aquela empresa é boa pagadora. Também dos investidores, que querem saber se aquele é um negócio sólido, com potencial de ganho de capital ao longo do tempo. E também dos analistas de mercado, que querem entender como aquela empresa se compara a outras do mesmo setor, e até de outros setores, para determinar se ela merece uma recomendação.

Como as empresas disponibilizam seus relatórios financeiros aos investidores?

Investidores e outros interessados podem ter acesso aos relatórios financeiros de uma empresa listada em bolsa por meio do seu site de Relações com Investidores, ou RI. Toda empresa de capital aberto negociado na bolsa brasileira é obrigada a manter um site de RI para divulgar essas informações.

Não é preciso ser investidor ou ter ações da empresa para acessar os relatórios. Não é preciso de usuário, nem senha ou código. O fato de as informações estarem disponíveis abertamente é parte do compromisso de transparência esperado dessas empresas.

Termo do dia

Bursátil

O que é bursátil? O termo bursátil é empregado como referência para tudo que tem relação com a Bolsa de Valores e o mercado de capitais. A origem…