Última modificação em 19 de agosto de 2020

O que é Profissional Liberal

Profissional Liberal é aquele que alcança o nível de formação exigido, seja por meio de curso técnico ou superior, para exercer uma profissão, sendo que essa formação é de caráter obrigatório.

As atividades consideradas liberais são regulamentadas em legislação própria; alguns exemplos são a medicina, a advocacia e a engenharia. Elas também são regulamentadas por entidades de classe, como CFM, OAB e CONFEA.

Profissional Liberal x Profissional Autônomo

 

Muitas pessoas confundem o profissional liberal com profissional autônomo, achando que são a mesma coisa. Cuidado, pois são conceitos bem distintos.

O profissional liberal, como vimos, é aquele que tem o nível de formação obrigatório para o exercício de certa atividade regulamentada. Enquanto isso, o autônomo é aquele que trabalha sem vínculo empregatício com um empregador.

Resumindo, alguns profissionais liberais são autônomos, mas nem todos; por exemplo, existem médicos que trabalham com um vínculo CLT na clínica de outros médicos.

E também existem autônomos que não são liberais; por exemplo, o pipoqueiro que trabalha por conta própria não tem vínculo empregatício com ninguém, mas sua atividade não exige formação nem é regulamentada por leis e entidades de classe.

As particularidades do Profissional Liberal

O profissional que desenvolve uma atividade de caráter liberal tem algumas particularidades interessantes.

A primeira delas é que ele não está necessariamente subordinado a ninguém, tendo mais liberdade para trabalhar.

Pense em um advogado que trabalha em um escritório de advocacia. É claro que ele pode ter que se reportar ao gestor do escritório, mas, de maneira geral, ele pode conduzir os processos que estão sob sua responsabilidade da maneira que achar melhor. Isso porque ele é reconhecido como especialista naquela atividade, já que tem a formação requerida para exercê-la.

Porém, existe um outro lado da moeda para essa liberdade. A responsabilidade sobre os resultados costuma recair diretamente sobre o profissional liberal que executou o projeto.

Outra particularidade é que os profissionais liberais, de maneira geral, ganham mais do que outros trabalhadores exercendo outras atividades. Afinal, eles tiveram que atravessar um processo de formação mais longo e exigente para conquistar o direito de trabalhar naquela área.

Você pode pensar, por exemplo, na diferença entre um engenheiro civil e um assistente de contas a pagar. Os dois trabalhos são importantes e têm valor. No entanto, o engenheiro civil precisou completar uma graduação de cinco anos antes de poder trabalhar; enquanto qualquer pessoa pode exercer a atividade de assistente de contas a pagar, independentemente de formação.

Esse esforço maior para chegar no mercado de trabalho costuma ser recompensado no salário.

O profissional liberal ainda pode ter horários de trabalho e vencimentos mais flexíveis, pois estão associados à sua produtividade, em vez de estarem necessariamente fixados.

Por exemplo, um médico, mesmo que seja contratado de uma clínica, provavelmente não cumpre o tradicional horário das 8h às 17h; e seu salário no final do mês não será um valor pré-estabelecido, mas um reflexo de quantas pessoas atendeu, quantos novos clientes trouxe para a clínica, a complexidade dos procedimentos que realizou, entre outros fatores.

O declínio das atividades liberais

Como podemos notar, os profissionais liberais apresentam algumas vantagens em sua carreira, comparados a quem exerce outros tipos de atividades. Esse é um dos motivos pelos quais, durante muito tempo, ser um profissional liberal foi sinônimo de sucesso.

Atualmente, o cenário vem mudando. Em grande parte, a tecnologia pode ser considerada por esse processo de transformação. O motivo é que ela abriu portas para que mesmo pessoas que não têm um diploma na parede possam ganhar bem, sem precisar trabalhar longas horas para isso.

Um exemplo disso são profissionais de marketing, programadores, designers e muitos outros, que prestam serviços como autônomos. Eles podem ganhar altos valores sem nem precisar sair de casa. Frequentemente, eles não tiveram qualquer educação formal para desenvolver essas atividades, mas aprenderam por meio da prática e com a ajuda da própria tecnologia.

Termo do dia

Planejamento tático

O que é planejamento tático? Planejamento tático é o tipo de planejamento, feito a nível intermediário da hierarquia de uma empresa, que busca otimizar os departamentos,…