Open Nav

PMC – Prazo Médio de Cobrança

O que é Prazo Médio de Cobrança?

O Prazo Médio de Cobrança (PMC) é um indicador utilizado pelas empresas para medir o tempo médio que é gasto entre a venda de um produto para o consumidor e o respectivo recebimento.

Essa é uma boa ferramenta para a empresa compreender o prazo que demora para efetivamente ter entradas de caixa, permitindo uma série de ações como a projeção de um capital de giro que permita a sua saúde financeira.


Como funciona o Prazo Médio de Cobrança?

Para que você entenda a importância do Prazo Médio de Cobrança, vamos compreender como funciona uma operação comercial na prática.

Suponha, por exemplo, que você realize uma venda de R$1.000 para um cliente, mas parcelada em quatro pagamentos mensais de R$250 com primeiro vencimento para 30 dias. O esquema abaixo resume essa situação com as entradas no fluxo de caixa da empresa:

  • Hoje: R$0, com saldo devedor de R$1.000.
  • Após 30 dias: R$250, com saldo devedor de R$750.
  • Após 60 dias: R$250, com saldo devedor de R$500.
  • Após 90 dias: R$250, com saldo devedor de R$250.
  • Após 120 dias: R$250, com o pagamento quitado.

Ou seja, como você pode perceber, essa empresa precisará aguardar um prazo de quatro meses para efetivamente receber uma venda realizada no dia de hoje. Agora imagine então repetir esse processo com inúmeras vendas ao longo de um ano. Portanto, passa a ser essencial para a organização monitorar esse tipo de questão e encontrar o seu Prazo Médio de Cobrança.

Como calcular o Prazo Médio de Cobrança?

Uma observação importante para o Prazo Médio de Cobrança é que ele apresenta os prazos reais de recebimento — e não os teóricos. O que isso significa? Usando o exemplo anterior, o nosso prazo teórico de recebimento seria de 120 dias. Contudo, como sabemos, podem ocorrer atrasos ou até mesmo um calote por parte do consumidor, algo que aumentaria ainda mais o PMC.

Assim, o cálculo do Prazo Médio de Cobrança deve considerar o prazo médio de todas as vendas a prazo. Desta maneira, um dos métodos para calcular o indicador é usar da seguinte fórmula:

PMC = SDR x 360 / (ROB - DA)

Onde:

  • SDR = Saldo das duplicatas a receber
  • ROB = Receita Operacional Bruta
  • DA = Devolução e abatimentos

Supondo, por exemplo, que uma empresa tenha 350.000 em duplicatas a receber e que suas vendas (já descontando devoluções) totalizem 2.000.000, temos o seguinte cálculo:

PMC = 350.000 x 360 / 2.000.000 = 63

Ou seja, o Prazo Médio de Cobrança dessa empresa seria igual a 63 dias.

Como avaliar o Prazo Médio de Cobrança?

Em uma visão inicial para analisar o PMC de uma companhia, quanto menor, melhor. Isso porque quanto menor for o indicador, isso significa que mais rapidamente a empresa receberá os valores de uma determinada venda.

Vale observar, entretanto, que não há um número mágico. Isso dependerá diretamente do modelo de negócio e das regras de parcelamentos da organização. Sendo assim, a melhor forma de avaliar o Prazo Médio de Cobrança é por meio do seu monitoramento. Isto é, acompanhar para ver se ele reduz (o que seria positivo) ou aumenta (o que seria negativo).

Usando o nosso exemplo anterior, o prazo de 63 dias nos diz muito pouco sobre o PMC da nossa empresa fictícia. No entanto, caso nos próximos meses ele passe a aumentar, teríamos um sinal ruim: os clientes estão demorando mais para pagar pelas suas compras.

Outro ponto importante na avaliação do Prazo Médio de Cobrança é que ele vai apresentar o período de tempo que a companhia precisa lidar com o seu capital de giro. Se temos 63 dias como PMC, isso significa que é preciso ter recursos para garantir a operação rodando ao menos esse período de atividades. E isso sem mencionar que o processo de venda começa muito antes, com o pagamento dos fornecedores.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados