Open Nav Logo Mais Retorno

NTN-F

O que é NTN-F?

As NTN-F ou Notas do Tesouro Nacional série F, atualmente também são conhecidas pelo nome de Tesouro Prefixado com pagamento de juros semestrais.

Diferente do que ocorre com as NTN-B, as NTN-F só possuem um tipo de título, sendo negociado atualmente no Tesouro Direto com vencimento único em 2029.

Esse título, como o próprio nome já diz, se refere a um investimento que possui o rendimento atrelado a uma taxa de juro prefixada. Portanto, estamos tratando de mais uma alternativa de renda fixa.


Como funciona a NTN-F?

Para comprar uma NTN-F, o investidor terá que contar com uma conta em uma corretora de investimentos ou em uma instituição financeira clássica como um banco.

Depois disso, basta realizar o cadastro junto ao Tesouro Direto e pronto, você terá acesso às negociações de títulos públicos como a NTN-F. Esse título conta com liquidez diária, sendo que o investimento inicial pode ser feito a partir de R$ 30,00.

Querendo ou não, os títulos do Tesouro Direto são bem acessíveis ao público em geral.

A liquidez diária é algo que traz ainda mais mobilidade ao investidor (as negociações podem ocorrer em dias úteis, fora disso, somente agendamentos).

A NTN-F é um título com juros prefixados e que realiza pagamentos semestrais. Esses pagamentos ocorrem em primeiro de janeiro e primeiro de julho.

Mesmo que o investidor compre seu título, por exemplo, em junho, o pagamento referente aos juros da mesma ocorrerá em julho (de forma proporcional).

Relação dos juros e NTN-F

Como as NTN-F são títulos que possuem o juro prefixado como forma de rendimento, eles acabam sofrendo influência do mercado ao longo do período de amadurecimento.

Ou seja, até o seu vencimento o preço do título pode enfrentar “sobes e desces” no mercado. Essa é uma característica que acaba ofuscando um pouco sua parte de “renda fixa”.

Caso o investidor permaneça investindo na NTN-F até o seu vencimento, o mesmo pode ficar tranquilo que os rendimentos acordados na hora da compra vão ser entregues junto ao valor aplicado na data do vencimento do título.

O detalhe é que, ao longo do período de amadurecimento da NTN-F, o investidor poderá perceber certa volatilidade nos seus preços se decidir vender o título antes do vencimento.

Situações como as seguintes podem correr ao longo do investimento em uma NTN-F:

  • Em caso de alta dos juros futuros (das expectativas de juros) o valor do título tende a cair e os juros oferecidos, a taxa prefixada, podem subir.
  • Em caso de queda dos juros futuros e de suas expectativas, o preço do título tende subir e o juro oferecido a cair.

Por mais que haja só um tipo de NTN-F disponível no mercado, vale a menção.

Quanto mais distante o seu título estiver do vencimento, maior será a volatilidade sofrida pelo mesmo. Quanto mais próximo ele estiver do seu vencimento, menor será a volatilidade.

Para que serve um NTN-F?

Para aqueles investidores que gostariam de travar seus rendimentos sobre alguma taxa de juro “interessante”, a NTN-F é uma opção plausível.

Através de uma NTN-F, o investidor está adquirindo uma letra com juros prefixados. No caso da NTN-F, haverá ainda os pagamentos dos juros semestrais.

Por mais que o título ainda tenha certa volatilidade por conta do juro prefixado, até o seu vencimento ele vai lhe remunerar conforme as taxas praticadas na data da compra.

Os juros, em parte, são pagos a cada semestre ao investidor, o que pode contribuir um pouco, levando em consideração que a NTN-F possui uma data de vencimento um tanto quanto longa.

Dentre os títulos negociados no Tesouro Direto, a NTN-F é uma das menos procuradas pelos investidores.

 

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão