Open Nav Logo Mais Retorno

Monetização

O que é monetização?

A monetização é a arte de desenvolver opções para obter renda a partir de um item, seja ele um produto, um título, uma dívida ou um serviço. Em um negócio, é a forma como ele irá pagar seus custos e gerar lucro.

Para maximizar essa fonte de renda, há empresas que possuem mais de uma forma de monetização. Embora o termo esteja em alta, especialmente quando se fala sobre o mundo digital, a monetização também tem exigido criatividade entre as instituições do mercado financeiro para se manterem mais competitivas.


O que é monetização no mercado financeiro?

Monetização é transformar algo em dinheiro. Na economia, ela inclui fazer dinheiro propriamente, ou seja, a impressão de papel-moeda.

O governo de um país pode optar por emitir notas para financiar uma dívida. No entanto, imprimir dinheiro em excesso aumenta a inflação, pois faz com que o poder de compra da moeda seja reduzido.

Além disso, outro tipo de monetização na economia é quando o governo emite e vende títulos públicos. No Brasil, você adquire parte desses títulos do Tesouro Direto, que é uma forma de empréstimo para a União. Com a venda deles, o governo financia suas atividades. Você recebe o valor de volta após um prazo determinado, acrescido de juros pelo “empréstimo”. Essa é uma maneira de evitar a impressão de papel-moeda.

Quais os tipos de monetização?

A começar pelos bancos convencionais, a monetização vem exigindo inovação na forma como os produtos e serviços são oferecidos. Isso porque outras instituições financeiras, bancos digitais e fintechs têm trazido soluções desmembradas das tradicionais cestas de produtos que conhecemos.

Bancos, operadoras de crédito e derivados

O foco na experiência do consumidor e fidelização de clientes têm sido a diretriz para novos formatos de monetização entre empresas do setor. É o caso da conta corrente sem taxa de manutenção ou do cartão de crédito sem anuidade, por exemplo.

A Nubank é uma fintech que carrega o novos formatos de monetização ou, ao menos, com um toque mais moderno. Um exemplo é um programa de recompensa, em que o uso de determinada opção do cartão gera uma pontuação mais atrativa e que pode ser utilizada em empresas parceiras, como Uber e Netflix.

Ainda no mercado financeiro, você poderia receber orientações e informações sobre aplicações por meio de um consultor, uma corretora de valores, fundo ou clube de investimentos. No entanto, as chamadas empresas de publicações financeiras, que disponibilizam relatórios com atualizações e análises sobre o mercado da bolsa de valores, têm sua monetização através da assinatura de conteúdos exclusivos.

Quais as ideias de monetização de negócios digitais?

As diferentes formas de monetização de um negócio é o que tornam seu diferencial no mercado. Falando em mundo digital, alguns exemplos são:

  • Soft e hard currency (compra de moedas virtuais para adquirir itens ou serviços em um aplicativo, especialmente de jogos; “soft” é o ganho de moedas usando o app e “hard” é a compra das moedas com dinheiro de verdade);

  • Pay per use (apagar somente pelo consumo, como leitura de notícias);

  • Pagamento antecipado (upfront payment).

Outros formatos ainda são: venda de infoprodutos (serviços ou itens); programas de afiliados (comissão de vendas); marketplace (intermediador entre prestador de serviço e cliente); freemium (serviço gratuito limitado, com opção de upgrade pago); assinatura de software (por um determinado período).

 

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados