O que é Momentum?

O Momentum é um indicador que mede a velocidade com que os preços variam quando comparados aos níveis dos valores atuais de um determinado ativo. Isso significa que ele é derivado da diferença contínua de preços em um intervalo de tempo predefinido.

O intervalo em que o Momentum é medido fica a critério de cada analista. O mais utilizado e indicado, porém, é um espaço de 10 dias. Dessa forma, uma linha Momentum de 10 dias é baseada na subtração do preço de fechamento de 10 pregões de um determinado ativo pelo último valor de fechamento desse mesmo ativo.

Esse indicador oscila em torno de uma linha zero e é apresentado em forma de gráfico. Se o resultado for positivo, ela estará acima do zero. Caso seja negativo, ela estará abaixo. Quanto menor for o intervalo dessa linha, mais sensível ela será, já que ela apresentará oscilações mais fortes. O contrário também é possível, o que significa que quanto maior o intervalo, mais suaves serão as oscilações.


Como interpretar o Momentum?

Ao fazer uma análise mais detalhada da linha Momentum é possível perceber a velocidade da tendência que está sendo observada. Ou seja, se ela se apresenta de forma estável, se está acelerando ou mesmo desacelerando.

Dito isso, interpretar esse indicador fica mais fácil. Quando a linha está acima do zero e subindo, com preços crescentes e uma tendência de alta previamente detectada, indica que ela está acelerando.

Caso a linha se estabilize, significa que os novos ganhos alcançados nos últimos fechamentos estão começando a se igualar aos dos pregões anteriores. De uma forma bem simples, a indicação é de que enquanto os preços estão avançando, a velocidade com que isso acontece está diminuindo.

Já quando a linha Momentum se move para baixo da linha do zero, significa que o preço do último fechamento está abaixo do valor dos últimos pregões — e uma tendência de queda a curto prazo começa a ser observada. Depois disso, somente quando a linha se afasta do marcador zero para o sentido negativo do gráfico é que tendência começa a ganhar Momentum.

O que considerar ao utilizar o indicador?

Ao utilizar o Momentum, é importante observar alguns pontos. O primeiro deles é em relação aos preços. Se forem inferiores aos dos pregões anteriores, a linha começará a declinar, mesmo quando os valores ainda estiverem subindo. Isso acontece porque é a maneira do oscilador medir a aceleração — ou desaceleração — da tendência observada.

Por conta da forma em que o indicador foi construído, ele sempre estará um passo a frente do movimento dos preços. Então, é ele que lidera o avanço ou o declínio dos preços, mesmo quando a tendência atual ainda estiver vigorando. A partir disso, então, ele começa a se mover em direção oposta a medida em que os preços começarem a subir ou a cair.

Esse é o motivo pelo qual é importante ter bastante atenção ao utilizar esse indicador. Diferente dos outros osciladores, ele oferece uma noção mais ampla em relação à velocidade da tendência ao invés de focar nos sinais de compra e venda. Isso acontece porque esses sinais são revelados exclusivamente em função da tendência observada — e não pelo simples fato da linha estar acima ou abaixo da marca do zero.

Como o Momentum indica divergências?

Além de ser extremamente útil para indicar os sinais de entrada e de saída, o Momentum também oferece outra característica importante, que é a de indicar divergências. Elas são ferramentas importantes em uma análise técnica, já que conseguem mostrar com clareza as diferenças entre os movimentos do indicador e os do preço do ativo.

Existem dois tipos de divergência e o primeiro deles são as divergências de alta. Elas mostram que enquanto o preço sobe, o indicador está em uma tendência de queda. Isso significa que a alta está perdendo forças e que é um bom momento para ela sair da posição em que foi comprada.

Já as divergências de baixa demonstram que enquanto os preços dos ativos estão caindo, o indicador está em tendência de alta. Isso quer dizer que esse pode ser um ótimo momento para encerrar a posição vendida.

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Cadeias de Valor

O que são cadeias de valor? Cadeias de valor são um conjunto de ações e estratégias implantadas dentro de uma empresa e que têm por objetivo…

Veja outros termos