Open Nav Logo Mais Retorno

Mercado a Termo

Mercado a Termo
5 (100%) 1 voto[s]

O que é Mercado a Termo?

Para aquelas pessoas que gostariam de realizar alguma operação diferente no mercado, com diferentes critérios e valores, o mercado a termo pode ser a solução.

O mercado a termo pode ser utilizado sobre diferentes aspectos e ativos. Esse mercado pode ser utilizado para se beneficiar da valorização de produtos ou de sua desvalorização.

Tudo vai depender do objetivo das partes interessadas. Para conseguir criar um contrato de termo, atualmente as partes interessadas recorrem à própria bolsa de valores.

Vale destacar aqui que os contratos a termo também possuem a relação com o juro. Ou seja, até o vencimento do contrato uma das partes terá que remunerar a outra com juros.


Como funciona o Mercado a Termo?

Suponha que um investidor X queira construir um contrato a termo sobre ações de uma empresa ABC.

Ele tem interesse de adquirir as ações dessa empresa pelo preço atual de mercado pelo valor de R$ 15,00 cada (um lote de 100 ações teria um custo de R$ 1.500.00).

O tempo para encerrar esse contrato a termo seria de 90 dias, sendo que acrescido ao valor da compra (os R$ 1.500,00) haverá uma porcentagem da taxa Selic.

Essa porcentagem e outros detalhes sobre a remuneração dos juros do contrato podem ser acordados pelas partes.

Para conseguir criar a operação, o investidor deverá realizar um depósito a título de margem de garantia.

Essa margem serve para dar segurança a operação. Querendo ou não, o investidor que está comprando as ações faz o contrato a termo para evitar o pagamento à vista do ativo.

Ao final do contrato, o investidor X que comprou as ações da empresa ABC, fará o pagamento do valor das ações (R$ 1.500,00) na data do contrato, mais os juros acordados.

Caso o valor da ação da empresa ABC tenha registrado valorização nesse perdido, o investidor X poderá vender as ações mais caras, pagar o contrato a termo e o colocar lucro excedente no bolso.

No entanto, em caso de queda do valor da empresa ABC, então o investidor que vendeu suas ações no contrato a termo, terá um ganho de ter vendido as ações na sua melhor fase (quando elas ainda estavam caras) e ainda colocou mais os juros do período no bolso.

Para que serve o Mercado a Termo?

O mercado a termo pode ser uma alternativa de investimento ou operação especulativa no mercado de ações sem necessidade de aplicar muitos recursos. Em outras palavras, é uma forma de alavancagem no mercado à vista (spot).

Mesmo tendo que deixar uma margem para conseguir efetuar a operação, é inegável que o seu custo é bem menor em comparação com o despendimento necessário para alocar o valor de um lote no mercado.

Ao invés disso, o investidor pode fazer um termo e, assim, se aproveitar de uma eventual valorização do ativo.

Em caso de receio com a ação, também é possível vender o termo para outros investidores, oferecer as ações por um valor predeterminado hoje e mais um adicional de juros.

Caso o pensamento de perdas se concretize, o investidor receberá ao final do contrato a remuneração proposta e tais perdas serão neutralizadas.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Mercado a Termo
5 (100%) 1 voto[s]
Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão