Última modificação em 13 de julho de 2020

O que é o Marketing 4.0?

Marketing 4.0 é o nome dado a uma fase específica do marketing, que se desenvolve atualmente e que tem como foco principal a experiência de marca no mundo digital. 

Isso não significa que as estratégias das empresas devam ser focadas somente nesse meio: o marketing tradicional, muito centrado em outros veículos de comunicação como a mídia televisa e a mídia impressa, continuarão existindo. Contudo, o marketing digital, desenvolvido nas mídias sociais online, aumenta a sua participação e impacto, se tornando por vezes o protagonista da estratégia.

O conceito foi inicialmente proposto pelo consultor e escritor Philip Kotler - considerado a maior autoridade global do Marketing, tanto no meio corporativo, quanto no meio acadêmico. Segundo ele, "vivemos a era da participação e da sociedade criativa. Para as empresas, isso significa estar mais próximas de seus clientes, trabalhando de maneira unida com eles, pois os consumidores ajudarão as corporações a criarem seus novos produtos e iniciativas de marketing. É o conceito da ‘co-criação' ". 

A partir desse apontamento, podemos perceber que a internet propicia de forma única essa aproximação que Kotler indicou como característica clara do Marketing 4.0. Além de alcançar um número grande de pessoas a um custo menor (se compararmos, por exemplo, o preço pago para exibir um comercial de 30 segundos no horário nobre da televisão para atingir aquela audiência), a comunicação é multimidiática. Em vídeo, em texto, em banner... Tudo isso em diversas redes distintas, que garantem uma exposição constante do consumidor à marca. 

Para quem trabalha com branding, inclusive, parece inviável criar uma estratégia que não considere o digital. 

Em tempos em que tudo é visto por todos quase o tempo todo ("olha o que eu comprei", "olha que eu fiz", "olha onde eu fui" etc.), o Marketing 4.0 não é um marketing de indivíduo. Embora haja a necessidade de personalização, valorizar o compartilhamento de experiências pela internet se torna indispensável dentro dos comportamentos de compra. Para as decisões dos consumidores, o reconhecimento social é ainda mais determinante.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Quais foram as outras fases do Marketing?

Como se é de imaginar, antes do Marketing 4.0 existiram ainda três fases.

No Marketing 1.0, o foco estava no produto. Primeiro a empresa produzia e depois se preocupava em criar a necessidade no consumidor. O discurso era de "eu tenho aqui essa bicicleta maravilhosa, com função X e material Y".

Já no Marketing 2.0, o foco passou para a necessidade do consumidor. Primeiro se realizava a coleta de dados em relação ao que o cliente precisa, aos problemas que ele tem, e depois se cria um produto para resolver essa questão. Aqui, o discurso muda para "nós sabemos que você tem dificuldade em levar a bicicleta quando não está pedalando, por isso criamos esse modelo dobrável".

Por último, no Marketing 3.0 focou-se nos valores. Isso significa transferir a atenção para o lado emocional e para o ser humano. Ao invés de compartilhar as características do produto ou só o que o consumidor precisa, ele prega o compartilhamento de crenças em comum - por exemplo, na honestidade, na liberdade, na coletividade e afins. A mensagem é de "nós acreditamos muito na preservação ambiental desde de criancinha, por isso criamos uma bicicleta ecológica infantil".

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

IBAN

Entenda como o IBAN funciona na identificação de contas funciona e como ele é composto.

Veja outros termos