Open Nav

Marketing 2.0

O que é o Marketing 2.0?

Marketing 2.0 é o nome dado à segunda fase do Marketing, desenvolvida ainda ao longo do último século. Também chamada de "A Era dos Consumidores", o seu foco estava em estudar as necessidades dos clientes através da coleta de dados e só então desenvolver um produto que solucione os problemas desse público.

Aqui, quem se adapta principalmente é a empresa e não o consumidor. Se os dados indicam que uma parcela importante dos consumidores sofre com sapatos encharcados em períodos de muita chuva, a empresa pode desenvolver uma linha especial de calçados com materiais impermeáveis. Dessa forma, um público anteriormente ignorado pode ser fidelizado.

Em outras palavras, podemos dizer que o Marketing 2.0 é a primeira fase em que o relacionamento com o cliente é levado a sério a nível de produto mesmo. É o consumidor quem determina as operações: é o interesse dele que norteia o negócio, e não o da empresa. Aqui, conceitos como "relacionamento um-para-um" e diferenciação de produtos foram finalmente difundidos e popularizados.

Além disso, as divulgações ainda são realizadas principais em meios tradicionais físicos, como jornais e revistas, rádio e televisão, impressos (flyer e cartão de visita, por exemplo), brindes, outdoor, feiras e eventos e mala direta.

Como Investir nos Melhores Fundos

Quais foram as outras fases do Marketing?

Como se é de imaginar, o Marketing 2.0 não é a única fase do Marketing. Para sermos sinceros, ele não nem a última, sendo que após o seu surgimento outras duas fases ainda assumiram o protagonismo nessa área. 

Antes do Marketing 2.0, no entanto, tivemos contato com o Marketing 1.0, cujo foco estava no produto. Primeiro a empresa produzia e depois se preocupava em criar a necessidade no consumidor. O discurso era de "eu tenho aqui essa escova maravilhosa, com função X e material Y".

Já no Marketing 3.0 focou-se nos valores. Isso significa transferir a atenção para o lado emocional e para o ser humano. Ao invés de compartilhar as características do produto ou só o que o consumidor precisa, ele prega o compartilhamento de crenças em comum - por exemplo, na honestidade, na liberdade, na coletividade e afins. A mensagem é de "nós acreditamos muito na preservação ambiental, por isso criamos uma escova ecológica feita com material 100% reaproveitado".

Por fim, temos a última fase do Marketing, a que vivemos agora. No Marketing 4.0, o mundo digital ganha protagonismo. Ao invés dos grandes comerciais na televisão, anúncios no jornal e product placement no ponto de venda, as ações nas mídias digitais, compartilháveis e ainda assim personalizadas, têm um espaço essencial na estratégia, para transmitir o discurso.

Segundo Kotler, o papa do Marketing que levantou as fases que estudamos hoje, o Marketing 4.0 se desenvolve porque "vivemos a era da participação e da sociedade criativa. Para as empresas, isso significa estar mais próximas de seus clientes, trabalhando de maneira unida com eles, pois os consumidores ajudarão as corporações a criarem seus novos produtos e iniciativas de marketing. É o conceito da ‘co-criação' ". 

Descomplicando a Bolsa de Valores

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados