Última modificação em 28 de outubro de 2020

O que é uma marca pessoal?

Uma marca pessoal (também conhecida como Personal Branding) deriva de uma estratégia em que alguém faz a gestão da sua própria imagem e se posiciona de forma que o público compreenda, de forma bastante clara, quem a pessoa é e o que ela representa. Por mais que possam parecer táticas semelhantes, é muito diferente da autopromoção.

Ao contrário do que muitos podem pensar, uma estratégia de Personal Branding não se trata de fazer a gestão das próprias redes sociais ou, de uma hora para a outra, começar a falar de si mesmo no Instagram ou no LinkedIn só para se promover. Na verdade, é um recurso extremamente eficaz para o indivíduo se tornar relevante no mercado, se conectar de forma direta com o público e potenciais clientes e se diferenciar da concorrência.

Por que desenvolver uma marca pessoal?

Esse era um atributo muito trabalhado por artistas, que usavam — e usam até hoje — sua imagem pessoal e tudo aquilo que representam como forma de se associar a uma marca ou a um produto. Hoje em dia, porém, qualquer pessoa pode fazer uso dessa estratégia para alcançar seus objetivos.

O desenvolvimento de uma marca pessoal está diretamente ligado ao sucesso de um indivíduo enquanto profissional. Isso acontece porque, quando alguém ainda não é tão conhecido, precisa mostrar para os potenciais clientes indicativos convincentes que demonstrem se o trabalho oferecido é bom ou não.

Além disso, chamar a atenção para o seu trabalho e obter um diferencial é essencial para potencializar os negócios, independentemente do segmento de atuação. Atualmente, o tema se tornou tão importante que já existem profissionais capacitados que ajudam na construção de estratégias de marca pessoal, os chamados estrategistas em Personal Branding.

O que compõe uma boa marca pessoal?

Uma estratégia forte de Personal Branding se baseia em alguns pilares e o primeiro deles é a ideia de que a pessoa precisa se posicionar como uma marca. É fundamental pensar nas características que gostaria que fossem associadas a ela para, em cima disso, criar um posicionamento forte. É preciso pensar em tom de voz, o tipo de imagem que deseja passar e outros elementos presentes na criação de marcas memoráveis.

Disso, vem a necessidade de criar a imagem de forma autêntica, sem precisar fingir ser quem não é. Além de trabalhar duro para criar uma imagem sólida, é preciso de muito mais trabalho para sustenta-la. Sendo assim, o caminho mais fácil é ser autêntico e se apresentar e defender valores que, de fato, tenham a ver com a própria identidade.

Outro pilar importante na criação de uma marca pessoal é a autoridade que a pessoa precisa transmitir para seu público. Para que a imagem seja, de fato, autêntica, uma boa estratégia é falar sobre temas que sejam interessantes e que possam ser falados com propriedade. Quanto mais se criar conteúdo baseado neles, mais a pessoa se tornará autoridade no assunto.

Como desenvolver uma marca pessoal forte?

O primeiro passo para alguém desenvolver uma marca pessoal memorável é saber o que, de fato, a pessoa representa. É preciso definir qual o principal valor ou atributo que os clientes encontrarão somente com ela e, dificilmente, em um concorrente. Esse é um ponto muito importante e bastante determinante, já que todo o trabalho deverá ser construído com base nele.

Outro ponto crucial é viver o que se prega. Isso porque, como o produto ou o serviço em uma marca pessoal é o próprio indivíduo, ela não pode ser desenvolvida apenas no momento em que a pessoa esteja no escritório ou nos atendimentos a clientes. É de extrema importância manter um posicionamento profissional e, principalmente, ético a todo o momento e, por isso, é necessário que a autoimagem seja constantemente trabalhada.

Também é preciso lembrar que o networking, prática bastante conhecida e utilizada no mundo dos negócios, é muito importante. Com ele, é possível expandir a rede de contatos, se posicionar como referência na área e contar com uma rede altamente qualificada para ajudar a divulgar os serviços. Para profissionais autônomos, empreendedores e investidores, construir relacionamentos de confiança é uma das bases para o sucesso.

Termo do dia

Mediana

O que é Mediana? A mediana é uma espécie de recurso utilizado na contabilidade de dados estatísticos, caracterizado pelo número central em um rol. Ou seja, a…