Open Nav Logo Mais Retorno

Lucro

O que é o lucro?

O lucro é o termo usado para designar o valor recebido pelo investidor como remuneração pelo seu investimento.

E quando tratamos de investimento, considera-se aqui desde as aplicações feitas para a compra de títulos até o capital empregado nas companhias, para que produzam os seus produtos ou serviços e financiam os processos de venda.

Falaremos mais a respeito do cálculo do lucro na próxima seção, mas por ora tenha em mente que ele é obtido ao se considerar a diferença entre o retorno obtido em um investimento e os gastos suportados para realizá -lo.

Aliás, é considerando os tipos de gastos envolvidos nos investimentos que surgem as dois tipos principais de lucro: o lucro bruto e o lucro líquido.

Seja qual for a forma empregada, entretanto, a importância do lucro no mercado financeiro é quase soberana. Afinal, é apenas a partir da promessa do seu auferimento que os agentes econômicos se dispõem a investir e movimentar a economia.


Como o lucro funciona?

Você já pensou em todos os fatores que definem o valor de um produto? A relação entre oferta e demanda, o processo de produção, a concorrência…

São todos, sim, fatores muito importantes. Mas a verdade é que nada define de forma mais fundamental o valor de um produto do que a necessidade que o consumidor tem dele.

Quanto maior a necessidade, maior é também o preço que estamos dispostos a pagar.

Essa dinâmica está presente não só no comércio de serviços e produtos, como na própria transação do dinheiro.

Se a razão maior para um devedor se dispor a pedir um empréstimo é que ele precisa de capital naquele momento, então ele é a parte mais necessitada.

O credor, por sua vez, se não emprestar o seu dinheiro continuará a tê-lo e ainda poderá consumir tudo aquilo que a quantia suportar.

Isso cria uma desigualdade na necessidade, percebe? Afinal, um precisa mais do que o outro.

A única maneira de “equilibrar” a balança seria oferecendo ao credor algo de que ele também precisasse em troca, algo tão importante que o fizesse abrir mão do capital seguro que tem em mãos.

E a resposta encontrada, meu caro leitor, é muito simples: mais dinheiro.

Como o lucro é calculado?

De modo geral, o lucro é calculado a partir da seguinte fórmula básica:

  • Lucro = Retorno - Capital investido

No meio empresarial, ela é adaptada para:

  • Lucro = Receita - Custos

Os custos adotados, nesse caso, podem ser os fixos ou os variáveis. Se optar por adotar os custos totais (fixos e variáveis), se estará auferindo o que chamamos de lucro líquido. Se optar por adotar apenas os custos variáveis, porém, o auferimento será do lucro bruto.

Qual é a diferença entre o lucro e os juros?

Ao falarmos sobre a relação entre credor e devedor, lá no artigo sobre juros, contamos uma história semelhante.

Ou seja, deixamos claro que os juros eram o motivo do credor entregar o seu rico dinheirinho ao devedor.

Mas agora dissemos que o lucro é que é a motivação maior dele… Será que lucro e juros são a mesma coisa, então?

Sim e não.

Não, porque conceitualmente eles são diferentes. Os juros indicam o percentual de multiplicação do capital. O que quer dizer que, se investimos 100 mil reais a uma taxa de juros de 10% ao ano, estaremos multiplicando o investimento inicial em 0,1 vezes a cada 12 meses.

Os juros, portanto, são como o fermento das aplicações, responsáveis por fazê-las crescer. Ou sob o ponto de vista do devedor, o culpado pelo aumento do custo da dívida.

Sob o ponto de vista do credor, o lucro, por sua vez, é a porção extra do retorno. Se continuássemos na linha gastronômica, ele seria os pedaços extras do bolo, que só surgiram devido à ação do fermento e à sua capacidade de aumentar o rendimento da receita.

E sim, ambos são iguais ao motivar o credor.

Isso porque, enquanto um (o lucro) é o resultado do investimento, o outro (os juros) é o que produz esse excedente.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados