Open Nav

Lean Startup

O que é o Lean Startup?

Lean Startup é um conceito da Língua Inglesa costumeiramente traduzido como "Startup Enxuta" por aqui. O método, desenvolvido pelo estadunidense Eric Ries, consiste na ligação das estratégias de Lean Manufacturing do século XX com as configurações únicas de negócios inovadores como as startups, tão características do século XXI.

O resultado? Um novo movimento de gestão, com apelo global, e um livro: o Startup Enxuta. Lançado em 2011, o título já vendeu mais 1 milhão de cópias.

Mas o que exatamente prega o Lean Startup? Quais são as bases do método de Ries? 

Bom, para começar, é importante pontuarmos que o principal objetivo do Lean Startup é o mesmo do Lean Manufacturing, criado ainda na década de 1950 e conhecido como Sistema Toyota de Produção. Em ambos os casos, evitar o desperdício de recursos é a sua finalidade em comum. E muito se engana quem pensa apenas em desperdício de dinheiro: o desperdício de tempo, de energia e de talentos, entre outros, também são relevantes. 


Como funciona o Lean Startup?

Cientes desse objetivo em comum, já podemos nos debruçar sobre as demais características do Lean Startup. Em geral, são citados 5 princípios básicos do método, que possibilitam ele cumpra o seu objetivo principal: o Continuous Deployment, as Métricas Acionáveis, o Mínimo Produto Viável, o Pivô e o Teste A/B.

Continuous Deployment

Em Língua Portuguesa, o termo poderia ser traduzido para algo como "Implantação Contínua". Contudo, o uso mais comum é do termo original, em Inglês mesmo, por vezes chamando apenas de "Deploy".

Por definição, o Continuous Deployment se concentra em diminuir o tempo entre o desenvolvimento de um item e a sua disponibilização ao cliente. Mesmo que ainda não esteja pronto, defende Ries, é importante que pequenas porções dele sejam entregues o mais rápido possível, de modo que o consumidor possa testá-las e indicar mudanças antes que uma versão final seja propriamente finalizada.

Com isso, a ideia é poupar meses de trabalho em um projeto que, quando finalizado tempos depois, se mostra incompatível com as reais necessidades do público-alvo.

Métricas Acionáveis

As métricas acionáveis pretendem fazer uma contraposição às chamadas métricas de vaidade - um conjunto de dados que não fornece um parâmetro real da experiência de consumo, mas dá apenas uma falsa sensação de interação cliente-produto.

O exemplo mais comumente apontado aqui é da medida de visitas em um site e o tempo de uso do produto (LTV). Enquanto o primeiro é superficial e não ajuda a entender o real grau de adaptabilidade do consumidor ao produtor entregue, o segundo fornece uma visão mais abrangente. Afinal de contas, o LTV é um bom parâmetro para o engajamento do cliente com o produto, visto que ele não o abandona logo após o primeiro uso.

Mínimo Produto Viável (MVP)

A sigla mais utilizada para este conceito vem de seu nome "original" em Inglês, o Minimum Viable Product (MVP)

Seja qual for o nome que você prefira, ele se dedica a responder uma única pergunta: qual o mínimo que seu produto precisa ter para ser lançado? A ideia aqui é desenvolver uma versão de testes, disponibilizada a um grupo seleto de clientes que compõem o seu público-alvo. Mas embora essa seja uma versão de testes, é necessário que as funcionalidades disponibilizadas sejam capazes de entregar a solução para o problema que a empresa se destina a resolver. Nada de itens soltos e sem sentido!

Pivô

O pivô surge após a realização dos testes. A ideia é que, ao realizá-los, a empresa tenha embasamento suficiente para decidir se o modelo de negócio previamente definido deve ser mantido ou se é necessário realizar uma grande mudança nele - o que chamam de "pivotar".

Teste A/B

A base do Teste A/B consiste em disponibilizar duas variáveis diferentes do produto, cada uma a um grupo específico de clientes, ao mesmo tempo. Assim, pode-se identificar qual delas tem maior aceitabilidade e resulta em maior engajamento por parte do consumidor. 

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados