O que são os 3 Es da Administração?

3 Es da Administração é o nome dado a um grupo de habilidades que devem ser almejadas por todas as empresas, com o objetivo de maximizar a produção, o lucro e, consequentemente, o seu próprio crescimento.

Os 3 Es da Administração são amplamente focados na busca por um resultado desejado e pelo uso da menor quantidade de recursos possível, de modo a cumprir com a finalidade definida e ainda assim se evitar desperdícios. 

E quando se trata dos 3 Es da Administração, não é só o (uso ou desperdício do) dinheiro que conta, mas também o de vários outros recursos importantes, como o tempo, a energia e o conhecimento.

Para se ter uma ideia, o conceito é tão relevante que é ensinado previamente em diversos cursos ligados à administração e gestão. Isso porque para formá-lo é necessário um equilíbrio perfeito entre eficiência, eficácia e efetividade - o tal dos 3 Es se origina justamente dessas três palavras.

Mas não se preocupe em entender todos esses termos agora, especialmente se são novidade para você, porque iremos nos debruçar sobre todos eles ao longo deste texto. Inclusive com exemplos práticos do seu cotidiano!

Como Investir nos Melhores Fundos

Qual é a diferença entre eficiência, eficácia e efetividade? Como os 3 Es da Administração interagem?

Para começar, vamos imaginar que você está construindo uma casa. Esse é o mesmo exemplo-base que utilizamos em cada um artigos completos a respeito da eficiência, eficácia e efetividade, aliás, o que te ajudará a formar um entendimento completo a respeito de todos os termos.

A casa em questão não é uma casa qualquer: é a casa dos seus sonhos, aquela que provavelmente perdurará por muitos e muitos anos, a fim de acolher seus filhos, netos, bisnetos... Já pensou?

Nesse caso, existem duas questões:

No artigo sobre eficiência, imaginamos que você construiu a casa, mas desperdiçou 50% do material. 

Já no artigo de eficácia o problema era outro: após poucos meses, a casa veio abaixo.

A pergunta que te fazemos agora é: em qual dessas duas ocasiões você foi eficiente? 

A resposta correta é: nenhuma.

Isso porque, como uma união perfeita da eficácia e da eficiência, a efetividade determina que as duas necessidades devem ser satisfeitas - o que não aconteceu em nenhum dos exemplos.

No cenário ideal, você teria construído uma casa sustentável usando o mínimo de recursos, sendo assim eficiente, eficaz e efetivo. 

Por que os 3 Es da Administração são tão importantes para as empresas?

As empresas, de maneira básica, entregam resultados através de seus produtos e serviços. E a forma que essa entrega é realizada, se ela é eficiente, eficaz e efetiva (ou não), é muito determinante para o sucesso desse negócio.

Imagine um taxista. Se ele sempre erra o caminho e deixa o cliente no lugar errado (ineficácia) e sempre abastece no posto mais caro da cidade por pura preguiça de procurar outro (ineficiência), há um sério risco de seu faturamento cair até que ele tenha que mudar de profissão.

Mesmo que cumpra um dos requisitos (seja eficaz ou eficiente), a falta do outro ainda estará minando o seu negócio.

Usamos um exemplo simples aqui, mas imagine o que acontece diariamente em grandes empresas. Quanto mais a organização cresce, maiores são os pontos de possível perda em qualquer um dos 3 Es da Administração. 

Gerenciar isso é algo essencial, visto que uma pequena perda hoje, uma diminuição mínima na eficiência de um setor, pode representar um sério perigo para a sustentabilidade da empresa no futuro. 

Por outro lado, quando uma companhia se torna eficiente, eficaz e efetiva, é ainda mais fácil de se desenvolver, visto que as entregas são realizadas corretamente aos consumidores com o menor custo possível. 

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Backtest

O que é Backtest? Também chamado de backtesting, o backtest é um tipo de teste que se faz usando dados históricos relevantes, a fim de prever…