Open Nav Logo Mais Retorno

Home Broker

Home Broker
5 (100%) 1 voto[s]

O que é Home Broker?

O Home Broker é uma ferramenta digital criada para facilitar as operações de compra e venda de ações e demais ativos negociáveis na bolsa de valores.

Por meio do Home Broker, corretoras de valores mobiliários podem oferecer seus serviços de intermediação, cobrando de seus clientes taxas (como a corretagem) para executar operações de compra ou venda.

Antigamente, antes do advento da informática e da internet, as operações eram desenvolvidas por pessoas no telefone na época do pregão “viva-voz”.

Isso caiu em desuso por boa parte das bolsas de valores espalhadas pelo mundo. Atualmente, os pregões são digitais, fato que traz mais segurança, transparência e agilidade as operações.

Como funciona o Home Broker?

O funcionamento da ferramenta é bem simples. Ao abrir uma conta em uma corretora, seja uma independente ou uma ligada a uma instituição financeira, a empresa vai lhe oferecer uma plataforma de negociação. Essa plataforma é denominada de Home Broker.

Traduzido do inglês para o português, seria algo como “Corretor caseiro”. Ou “Corretor em casa”.

Essa tradução exemplifica bem a função da ferramenta.

Ao invés de ligar para a corretora e solicitar junto a um funcionário (o corretor), que ele faça a compra ou a venda de um determinado ativo, é possível lançar suas ordens direto pela plataforma.

Tudo de forma digital, por meio de um computador, tablet ou até do celular. Basta o aparelho contar com conexão a internet que todo esse processo poderá ser executado com certa agilidade.

Vale destacar ainda que boa parte das corretoras, se não a totalidade, trabalham com Home Brokers gratuitos e que podem ser acessados sem haver necessidade de baixar programas ou realizar instalações complexas. É tudo feito através da própria página da corretora.

Sendo assim, estamos tratando de ferramentas grandiosas, cuja sua acessibilidade é simples. Atualmente existem corretoras que até isentam seus clientes de taxas.

Estamos falando em isenção na taxa de corretagem e custódia, valores que antigamente eram cobrados de todos os investidores, sem exceção.

De certa forma, as taxas acabam restringindo bastante àqueles que poderiam investir ou não. Sem as mesmas, o custo de manter posições na bolsa ou até de ampliar as mesmas com menos dinheiro, se tornaram possíveis.

O mercado fracionado antigamente era algo que não valia a pena devido aos custos que em grande parte eram os mesmos do mercado “normal”.

Atualmente, com algumas corretoras reduzindo os valores de corretagem ou até os isentando, o fracionado se tornou uma realidade.

Benefícios do Home Broker

Até mesmo para os mais saudosistas operadores de mercado de ações, atualmente é difícil encontrar motivos para preferir operar através do mercado “viva-voz” no lugar do Home Broker.

O mercado digital como está constituído hoje ainda possui seus defeitos, mas melhorou muita coisa do passado.

A agilidade para efetuar as transações aliada a acessibilidade ao mercado, tornou a bolsa de valores extremamente interessante.

Todas essas facilidades vêm ajudando na expansão do mercado, captando com mais facilidade novos investidores e investidoras.

Atualmente, operações de compra e venda das mais simples podem ser facilmente executadas por celulares.

Estamos falando de investir no mercado de ações na fila do supermercado ou à espera de atendimento na Receita Federal, por exemplo.

Além de investir, o interessado ainda tem a possibilidade de visualizar sua carteira e determinar se os dividendos ou o valor residual da operação permanecem na corretora ou será enviado para o banco.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Home Broker
5 (100%) 1 voto[s]
Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão