O que significa heurística?

Derivada da palavra grega “heuristiké”, a heurística é a capacidade de descobrir e inventar.

Assim, representa a forma como o ser humano simplifica o entendimento de questões complexas, seja porque precisa decidir a partir de informações incompletas ou porque se encontra em situações de incerteza.

Chamado também de “atalho mental”, ele ocorre de forma inconsciente e intuitiva, baseando-se em elementos como a experiência, o modo de pensar, a criatividade e a imaginação.

Longe de ser uma solução ideal, permite se alcançar um objetivo imediato, seja por meio de uma regra geral ou mesmo do bom senso.

Se você quiser saber ainda mais sobre esse tema, temos um vídeo exclusivo no nosso canal. Clique aqui para acessar.


Qual a importância da heurística?

Os psicólogos Amos Tversky e Daniel Kahneman tornaram a heurística mais conhecida nas décadas de 70 e 80. Entretanto, quem começou a pesquisar o assunto foi o economista e vencedor do prêmio Nobel de Economia de 1978, Herbert Simon.

Ele tentava entender porque o ser humano chegava a uma solução boa o suficiente ao invés de buscar a melhor solução. Isso faz cair por terra o conceito de homo economicus, ou a pessoa que sempre decide pelo que lhe oferece maior benefício econômico.

Quais os principais tipos de heurística?

Quais são os principais atalhos mentais de um investidor?

No campo da psicologia, a heurística inclui regras simples para explicar como as pessoas decidem, julgam e resolvem problemas complexos. Apesar de funcionar para boa parte dos casos, leva à repetição de erros.

Entre os vieses comportamentais (atalhos mentais) encontrados nos investidores estão:

Termo do dia

Custo de captação

O que é Custo de Captação Custo de Captação é o custo que uma empresa, uma instituição financeira ou até mesmo uma pessoa tem para captar recursos que…