Última modificação em 2 de outubro de 2020

O que é Excedente do Produtor?

Excedente do Produtor é um termo da Economia. Ele se refere a uma situação na qual existe uma diferença positiva entre o valor que o produtor recebe ao vender e o custo de produzir. Portanto, diz respeito ao ganho financeiro obtido pelo produtor ao vender um bem ou serviço por um preço de mercado acima do seu custo de produzir.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Entendendo o Excedente do Produtor

Em todos os mercados, existe uma relação muito importante que determina o comportamento dos participantes e a formação do preço: é a relação entre demanda e oferta.

A oferta parte do produtor. Para ofertar um bem ou serviço, o produtor tem um custo, que engloba os equipamentos, matérias-primas, mão de obra, eletricidade, aluguel, entre outros insumos necessários. Podemos dizer que esse é o custo de produção.

Suponha que Pedro é um produtor; ele produz sapatos feitos à mão. Para isso, ele precisa pagar o couro, as fôrmas, o salário dos artesãos. Considerando todos esses fatores, para produzir 1 unidade de par de sapatos, Pedro gasta R$ 150 – esse é o seu custo de produção. 

É importante notar que, se o custo de produção de Pedro é R$ 150, ele não vai vender um par de sapatos por menos do que esse valor. Se ele não puder vender o bem por, no mínimo, esse mesmo valor, vai sair do mercado.

Outro ponto que merece atenção é que, quanto mais sapatos Pedro produz, mais alto fica o custo de produção, porque ele precisa de mais recursos. Por outro lado, quanto mais Pedro produz, o preço de mercado fica mais baixo para atrair mais demanda.

A título de exemplo, vamos dizer que, se Pedro produz apenas 1 unidade, o custo de produzir é R$150 e o preço de venda é R$500. Logo, existe uma diferença positiva entre o custo de produção e o preço de mercado; essa diferença, de R$350, é o excedente do produtor. 

Ainda que o preço para produzir 10 pares chegue a R$1.500, ele pode vendê-los por R$400,00 (como uma forma de atrair a demanda) e acabar com um excedente de R$ 2.500,00. 

Para completar, existe um ponto em que as curvas da oferta e da demanda se encontram. A partir desse ponto, há mais oferta do que demanda, e o excedente do produtor deixa de existir. 

Qual é a diferença entre Excedente do Produtor e Excedente do Consumidor?

Como vimos, o excedente do produtor diz respeito ao ganho financeiro do produtor, com a diferença positiva entre o custo de produção e o preço de venda.

Porém, não é apenas o produtor que pode ter um ganho financeiro.

O consumidor também pode ter um excedente. Nesse caso, ele corresponde à diferença positiva entre o preço de venda e o valor máximo que ele estaria disposto a pagar. 

Vamos entender melhor com um exemplo.

Pedro produz 1 unidade de pares de sapato e Maria compra esse bem.

O custo de produzir para Pedro é R$150 e o valor máximo que Maria está disposta a pagar é R$900. Enquanto isso, o preço de venda é R$500.

Logo, o excedente do produtor é R$ 350 e o excedente do consumidor é R$ 400.

Qual é a relação entre Excedente do Produtor e Excedente Social?

O excedente social é, na realidade, a soma do excedente do produtor e do excedente do consumidor. Ele corresponde ao ganho financeiro de todos os agentes de um determinado mercado. 

Portanto, aproveitando o exemplo anterior: se o excedente de Pedro – o produtor – é de R$ 350 e o excedente de Maria – a consumidora – é de R$ 400, o excedente social nessa situação hipotética é de R$ 750.

Termo do dia

Fundo Fechado

O que é um fundo fechado? No universo dos fundos de investimentos existem diferentes tipos de classificação como renda fixa, imobiliários, multimercados e cambiais, por exemplo. Essa,…

Veja outros termos