Última modificação em 16 de dezembro de 2019

O que é Empreendimento?

Nem todo mundo nasce para ser funcionário dentro de uma companhia. Alguns decidem criar ou adquirir um empresa e trabalhar pela continuidade dela. Outros optam por explorar a criatividade e iniciar um empreendimento a partir das oportunidades no mercado.

O empreendimento não deixa de ser uma empresa, mas ele se diferencia por carregar o conceito da realização, inovação e dinamismo. Por trás dele está a ação empreendedora, com o comportamento mais arrojado e fora do comum.

Como Investir nos Melhores Fundos

Como funciona um empreendimento?

 

O objetivo central de um empreendimento está em fazer com que ele se torne robusto. Para superar os desafios dos primeiros anos de vida e se estabilizar no mercado, o empreendedor precisa seguir algumas práticas, como:

Tipos de empreendimento

As áreas de atuação de um empreendimento podem ser divididas, especialmente para análise de oportunidades e desempenho de setores. Alguns deles são:

Todo empreendimento é fruto de iniciativas empreendedoras. Alguns elementos caracterizam o perfil de negócio que pode ser gerado. São eles:

Empreendedorismo no Brasil

Além dos tipos de empreendimento, existe também a classificação do que motiva um empreendedor a abrir um negócio: por oportunidade ou por necessidade. A oportunidade representa uma demanda que pode ser atendida e que um empreendimento pode atendê-la.

Já o negócio por necessidade se refere às pessoas que, por não encontrarem ocupação ou melhor oportunidade de gerar renda, optaram por empreender. O histórico da crise no Brasil em 2015 fez com que muitas iniciativas surgissem por este fator.

De acordo com o estudo Empreendedorismo no Brasil do Global Entrepreneurship Monitor (GEM), somente em 2018 é que o número de pessoas que abriu um negócios por oportunidade superou aqueles que abriram por necessidade, o que não acontecia desde 2014.

O relatório, que divulga anualmente a taxa anual de empreendedorismo no país, é feito em parceria com o Sebrae, o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Como investir em um empreendimento?

Além de criar seu próprio empreendimento, também é possível estimular o empreendedorismo no Brasil fazendo investimentos. É o caso do investidor-anjo, por exemplo, que injeta capital em startups e pequenas empresas com potencial de crescimento. Em troca, ele recebe uma participação das ações da empresa.

No mercado de capitais, pode-se adquirir ações de empreendimentos de diversos setores. Ao adquirir ativos, a aplicação contribui para que a empresa se expanda e aprimore suas atividades.

Existem também os fundos de investimento que aplicam em renda variável, com ações em segmentos específicos da economia (como fundos imobiliários). Existem também aqueles que investem em áreas diversificadas, por setor, estratégia ou indicadores, como é o caso dos fundos multimercado, macro e de cotas, por exemplo.

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Ágio

O que é o ágio? Ágio é um termo utilizado no mercado financeiro para designar a diferença entre o valor de mercado de um produto e…

Veja outros termos