O que é Diretoria Executiva?

Diretoria Executiva é um termo que se refere ao conjunto de pessoas que têm a responsabilidade de efetivamente administrar uma organização, gerenciando suas atividades do dia a dia e desenvolvendo planejamentos estratégicos.

A composição da Diretoria Executiva pode variar de acordo com o caso mas, de modo geral, ela conta no mínimo com um CEO (Chief Executive Officer), que também pode ser chamado de Diretor Executivo, e um CFO (Chief Financial Officer), que também pode ser chamado de Diretor Financeiro.


O que a Diretoria Executiva faz?

A administração de uma empresa de grande porte, e especialmente de capital aberto, tem um certo nível de complexidade. Não existe uma única pessoa que toma todas as decisões; as responsabilidades se dividem entre assembleia de acionistas, conselho administrativo, diretoria executiva, entre outros corpos.

À diretoria executiva, especificamente, compete justamente a administração da organização no dia a dia. É ela que elabora e implementa processos, planeja e conduz projetos à sua finalização, e assegura que as operações estejam em andamento de forma adequada. 

Quem são os membros da Diretoria Executiva?

Os membros da diretoria executiva variam de acordo com a organização, atendendo às suas necessidades e demandas.

Vejamos alguns dos membros que podem ser normalmente encontrados nas empresas.

O CEO, Chief Executive Officer (ou ainda Diretor Executivo), é o responsável por decisões estratégicas e pelo alinhamento entre as várias áreas para assegurar o andamento do negócio como um todo.

Já o COO, o Chief Operation Officer (também chamado em Português de Diretor Operacional), é o responsável por coordenar as rotinas da empresa, trabalhando para que o andamento adequado das operações. Em alguns casos, essa função é acumulada pelo CEO.

Quando se trata do CFO, Chief Financial Officer (ou Diretor Financeiro), a expectativa é que realize o controle das finanças da empresa e, por isso, seja uma figura central no relacionamento com os vários grupos de investidores que colocam capital na empresa, inclusive a assembleia de acionistas.

Enquanto isso, o CSO, Chief Sales Officer (ou Diretor Comercial), é o responsável por coordenar as atividades comerciais da empresa, trabalhando diretamente com os gerentes de vendas, representantes, revendedores e clientes.

O CMO, Chief Marketing Officer (ou Diretor de Marketing), é o responsável pela gestão das atividades de marketing da empresa, que vão desde a condução de pesquisas para identificar as tendências do mercado global até a criação de materiais para uma campanha promocional.

Por fim, há o CIO, Chief Information Officer (Diretor de TI), que se encarrega do desenvolvimento de recursos tecnológicos para uso interno, nas operações da empresa, e tem um papel cada vez mais importante para o ganho de eficiência e competitividade das empresas.

Como a Diretoria Executiva é formada?

Existem diferentes meios pelos quais a diretoria executiva de uma empresa pode ser formada.

Em geral, no início, os diretores são os próprios sócios fundadores. Com o tempo, esses sócios podem passar ao conselho de administração, sendo que esse órgão fica responsável pela escolha de novos diretores, seguindo procedimentos de votação que são estabelecidos pelo estatuto. 

A troca de diretores pode ocorrer, inclusive, em resposta às demandas da assembleia de acionistas. Isso acontece especialmente quando a empresa está em crescimento e exige alguém mais técnico, ou quando atravessa problemas e existe um descontentamento com o desempenho da diretoria atual.

Um bom exemplo dessa dinâmica é o caso recente da Oi. Em agosto de 2019, a GoldenTree Asset Management, maior acionista da Oi, pediu a troca do CEO Eurico Teles, por meio de uma carta ao conselho de administração. Em dezembro do mesmo ano, a empresa anunciou que o conselho havia selecionado, por unanimidade, Rodrigo Abreu (então COO da empresa) para ocupar o cargo.

A escolha de diretores por meio de votação do conselho administrativo é importante, principalmente, para os cargos mais centrais na estrutura da empresa, que seriam o CEO e o CFO. Porém, alguns cargos não tão centrais, como CMO ou CTO, podem ser escolhidos pela própria diretoria executiva, mediante um processo seletivo ao estilo do que é utilizado para a contratação de qualquer funcionário.

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Disclaimer

O que é o disclaimer? Disclaimer, ressalva, aviso legal ou termo de responsabilidade são quatro termos comumente usados sob o ponto de vista jurídica para designar…