Open Nav Logo Mais Retorno

Despesas Financeiras

O que são despesas financeiras?

As despesas financeiras representam um dos indicadores presentes na estrutura de Demonstrativos de Resultados de Exercício (DRE) de uma empresa. Trata-se, principalmente, do valor de encargos e juros que a empresa deve pagar a credores em empréstimos e financiamentos contraídos.

Desse modo, as despesas financeiras e a sua posição no DRE correspondem a uma informação fundamental para compreender o nível de endividamento e o grau de alavancagem financeira de uma empresa.

Cabe ainda destacar que essa categoria de despesa é tratada em separado do lucro operacional, que consiste em gastos atrelados ao custeio da operação da empresa.

Também não se deve confundir as despesas financeiras com as tributárias, que por sua vez são custos relativos ao pagamentos de impostos e taxas cobrados pelos governos para regulação da atuação das organizações.


Quais são os tipos de despesa financeira?

 

As despesas financeiras podem ser classificadas em dois tipos principais: as temporárias e as estruturais.

As despesas financeiras temporárias, normalmente, são constituídas nas situações em que a empresa passa por um déficit temporário de caixa, que pode ser provocado, entre outras questões, por aumentos no prazo de recebimento para clientes ou compra superestimada de matéria prima.

Nesses casos, quando a empresa quer evitar atrasos no pagamento de salários, fornecedores e outras despesas cotidianas, ela solicita empréstimos de capital de giro em instituições financeiras.

Suas características principais são um elevado custo financeiro devido às taxas de juros praticadas pelos bancos e um prazo curto de quitação.

Já as despesas financeiras estruturais são observadas em empresas que realizam investimentos em sua operação e, para tal, contraem empréstimos e financiamentos com duração de médio ou longo prazo.

Esses investimentos podem ser realizados na aquisição de imóveis, maquinários e ferramentas, tecnologias, etc. Nesses casos, é comum que sejam solicitados empréstimos e financiamentos junto a instituições como o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), uma vez que os juros praticados por essa instituição são mais baixos.

Isso configura uma decisão de estrutura de capital que acompanhará a empresa por anos, tratando-se, portanto, de despesas estruturais. E, assim sendo, as principais características desse tipo de despesa são custos mais moderados combinados a um prazo longo de quitação.

Por que é importante saber conhecer as despesas financeiras?

Tanto para a contabilidade da própria empresa quanto para investidores interessados em aplicar dinheiro, conhecer as despesas financeiras é fundamental.

Para as empresas devido a necessidade de manter o equilíbrio entre receitas, despesas e, assim, prezar pelo saúde das finanças. E para investidores, como um indicador dos possíveis riscos de se realizar um investimento.

No Brasil, as dívidas, combinadas com uma má gestão, são a principal causa do fechamento de empresas. Além disso, o endividamento influencia diretamente na lucratividade de um negócio, pois quanto maior o seu nível, maiores serão os custos e despesas que impactam nos resultados de lucro e faturamento.

Desse modo, avaliar com cuidado os balanços contábeis e as DREs de uma empresa é imprescindível para tomadas de decisões, especialmente para investidores interessados em aplicações de longo prazo.

 

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados