O que são Despesas Administrativas?

Despesas Administrativas é um termo do universo das finanças corporativas. Refere-se aos valores gastos por uma empresa, que não estejam diretamente ligados à sua atividade produtiva ou, de maneira mais geral, ao coração do seu negócio (o core business).

Alguns exemplos são os gastos com contratação de escritórios de contabilidade e advocacia, pagamento de funcionários do RH ou compra de produtos para a limpeza do prédio administrativo.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Entendendo as Despesas Administrativas

De maneira geral, todas as despesas operacionais de uma empresa podem ser divididas em duas categorias básicas: despesas comerciais e despesas administrativas.

Na categoria das despesas operacionais entram apenas aqueles gastos não relacionadas diretamente com a sua atividade produtiva, no caso das indústrias. No caso de empresas que não produzem bens, em sentido estrito, podemos dizer que entram nessa categoria as despesas que não se relacionam diretamente com sua atividade principal - como nos exemplos que usamos nas seções anteriores.

As despesas administrativas são uma categoria de despesa operacional, focada especificamente em atividades de apoio - RH, Financeiro, Contabilidade, Tesouraria etc. 

É o caso, por exemplo, dos gastos com o salário da equipe de limpeza da empresa. É claro que o trabalho dessa equipe é muito importante; no entanto, se esse gasto for eliminado, a produção vai continuar normalmente.

O mesmo pode-se dizer das despesas comerciais, que se diferenciam das administrativas por se concentrarem especificamente na venda dos produtos produzidos ou dos serviços ofertados, com ações de marketing, comissões aos vendedores, atendimento no pós-venda etc.

A divisão entre Despesas Administrativas e os Custos é sempre clara?

Apesar de a divisão entre as duas categorias, despesas e custos, parecer bastante clara na teoria, na prática não é sempre assim. Em alguns casos, pode ser muito difícil determinar onde acaba uma despesa administrativa e começa um custo.

Um dos melhores exemplos é o gasto com energia elétrica. A energia é usada tanto para ligar os computadores usados na sala da equipe comercial (caso de uma despesa administrativa) quanto para ligar as máquinas no "chão de fábrica" (caso de uma despesa operacional).

Devido a essa dificuldade para aplicar na prática a divisão entre despesas administrativas e operacionais, alguns especialistas falam em uma terceira categoria: despesas híbridas.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Mão Invisível

Você já viu alguém falar na mão invisível do mercado, mas não sabe o que é? Confira o significado desse termo!

Veja outros termos