Última modificação em 27 de janeiro de 2020

O que são Despesas?

Despesas são os gastos relacionados à manutenção de uma casa ou de um negócio. Há diversos tipos, que podem ser consideradas essenciais ou supérfluas, fixas ou variáveis, entre outras categorias.

Estes valores podem ser controladas para evitar desperdício de dinheiro e viabilizar a melhoria de qualidade de vida de uma pessoa ou aumentar a eficiência de uma empresa.


Gastos, custos e despesas: qual a diferença?

Mais importante do que as fontes de receita, a saída de dinheiro precisa ser devidamente identificada para manter maior controle sobre os próprios recursos.

Essa saída pode ser classificada entre gastos, custos e despesas:

Despesas na empresa

Um empreendedor pode encontrar diferentes categorias de despesas referentes ao seu negócio, como:

Tipos de despesas

Seja em um orçamento familiar ou empresarial, os valores podem ser identificados entre despesas fixas e variáveis. Essa divisão recai sobre a variação da quantia e a frequência com que elas são geradas mensalmente.

Despesas fixas

São aquelas que ocorrem com a mesma regularidade (a cada mês, por exemplo) e sofrem pouca variação na quantia cobrada, porque não dependem do nível de consumo. Em empresas, elas devem ser pagas havendo ou não faturamento e classificação semelhante aos custos fixos.

Alguns exemplos de despesas fixas são: mensalidade escolar, TV por assinatura, streaming, assistência médica, condomínio, seguro e prestação do carro e academia. Em uma empresa, seria o aluguel, impostos, telefone, etc.

Despesas variáveis

Referem-se às despesas que podem se repetir ao longo do mês e ter uma quantia que se altera conforme o nível de consumo. Em uma companhia, os valores se alteram de acordo com o que é produzido e vendido, assim como os custos variáveis.

Exemplos de despesas variáveis: água, luz, alimentação, transporte, cuidados pessoais e com animal de estimação, etc. Dentro de uma empresa, seria o caso da luz e água.

Como evitar despesas

Nem todas elas são sinônimo de desperdício financeiro. Entretanto, podem ser o indicativo de como o dinheiro está sendo gasto e como utilizá-lo de maneira mais apropriada.

Além da classificação em fixas e variáveis, elas ainda podem ser agrupadas em essenciais e supérfluas.

Ou seja, uma despesa fixa pode ser considerada supérflua na hora de enxugar as contas, como é o caso de uma academia, assinatura de streaming e plano de telefonia de uma empresa.

Da mesma forma, há despesas variáveis que são essenciais, como água e luz. Elas podem ter seu valor reduzido como forma de aumentar o fluxo de caixa.

Saber administrar os valores e otimizar seu consumo possibilita que uma família ou empresa se estruture para planejar melhorias de qualidade de vida ou de expansão das atividades. Com o orçamento enxuto, é possível fazer uma reserva financeira ou se organizar para arcar com as parcelas ao contratar uma linha de crédito.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Portabilidade Bancária

Confira como funciona a portabilidade bancária para o recebimento de salário e transferência de empréstimo ou financiamento.

Veja outros termos