Open Nav Logo Mais Retorno

Depósito Compulsório

O que é Depósito Compulsório?

Quando um banco recebe dinheiro de algum cliente, pode ser tanto na conta corrente quanto na poupança, ou até mesmo em um CDB, parte desse dinheiro deve ser depositada junto ao Banco Central.

O dinheiro continua sendo do cliente e continua vinculado ao banco, porém, esses recursos não podem ser utilizados pela instituição financeira para realizar outras operações.

Essa transferência obrigatória se chama Depósito Compulsório.


Como funciona o Depósito Compulsório?

O funcionamento é exatamente aquele já mencionado. O cliente faz a transferência ou o depósito de um determinado valor.

Dependendo das regras do país (onde o dinheiro está sendo depositado) parte desse valor deve ser remanejada ao Banco Central, como Depósito Compulsório.

Para que serve o Deposto Compulsório?

O Depósito Compulsório serve para evitar a multiplicação do dinheiro pelas instituições bancárias.

Por exemplo, suponha que uma pessoa que possui R$ 100,00 faça o depósito desse dinheiro em seu banco.

Caso esse mesmo cliente utilize o talão de cheques e o cartão de crédito para comprar outras coisas, é possível que os R$ 100,00 depósitos sejam gastos.

Porém, enquanto o dinheiro não sai da conta do cliente, o banco pode emprestar o valor para outra pessoa que também vai gastar tais recursos.

Quando chegar o momento em que o cliente vai pagar sua fatura, é possível que o banco não tenha mais recursos em caixa, e dessa forma (quebre).

O mesmo poderia acontecer com um cliente que tivesse contas em vários bancos, onde ele poderia pegar um empréstimo de R$ 100,00 em um banco A e depositar esse dinheiro no banco B, que emprestaria esse dinheiro para outro cliente que faria depósito em um banco C.

Ou seja, nessa hipótese, os R$ 100,00 iniciais teriam se tornado R$ 300,00 apenas pela operação financeira dos bancos.

Em geral, os bancos têm um grande controle e não trabalham nesse grau de risco. Porém, o depósito compulsório serve para mitigar os efeitos de uma situação como essas.

Porque Depósito Compulsório?

O Depósito Compulsório serve para isso, para assegurar que os bancos mantenham certo grau de liquidez.

Sem essa medida de Depósito Compulsório, os bancos poderiam passar por sérios problemas de liquidez.

Já pensou o banco ficar sem recursos, sendo que existem vários pagamentos para serem honrados, transferências para serem executadas e afins?

Em uma situação assim, banco não tem alternativa, senão encerrar suas operações. Querendo ou não, o Depósito Compulsório funciona como uma espécie de limitador para os bancos de varejo.

Observando possíveis problemas com o sistema, o Banco Central utiliza como mecanismo de redução de risco sistêmico, solicitando junto aos bancos comerciais o Depósito Compulsório.

O Brasil, atualmente, vem liberando parte desse compulsório com o intuito de incentivar mais os bancos a emprestarem.

Além de controlar a multiplicação da moeda, o Depósito Compulsório tem um efeito restritivo na economia.

A partir do momento em que você exige que os bancos façam Depósitos Compulsórios de uma parcela de todo o dinheiro que entra no mesmo, você automaticamente está reduzindo o dinheiro em circulação.

Ou seja, aumentos e reduções na exigência de depósito compulsório também são utilizados como ferramenta de controle inflacionário no país.

Isso também reduz a possibilidade de mais negócios, de investimentos em diferentes áreas e até incrementar ainda mais as receitas dos bancos.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados